Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Entendendo a NFL: futebol americano não é terra sem lei

Conheça algumas das principais faltas apitadas pelos árbitros durante as partidas e suas respectivas punições

Jarda por Jarda|Lucas FerreiraOpens in new window

Equipe de arbitragem em um jogo da NFL é composta por sete pessoas (Reprodução X/NFL Football Operations)

O segundo texto da nossa série Entendendo a NFL falará de um assunto muito importante: as faltas. Sim, para você que não acompanha o futebol americano, este é um esporte com dezenas de regras para proteger a integridade dos atletas e a fluidez das partidas.

Ao longo dos próximos parágrafos, o Jarda por Jarda pontuará algumas das principais penalidades vistas em uma partida da NFL, além das punições previstas em regra para seus infratores. Quando os árbitros arremessarem o pano amarelo, saiba que alguém está em maus lençóis.

Holding

Esta, certamente, será a falta que você mais verá ser marcada na NFL. No futebol americano, os jogadores devem se empurrar com as mãos espalmadas. Ou seja, os atletas não podem fechar os dedos quando engajam os bloqueios.

O holding é marcado, normalmente, contra jogadores de linha ofensiva no momento em que estão protegendo o quarterback ou abrindo espaço para uma corrida do running back. A punição dada pela arbitragem é de 5 jardas, perda do avanço e repetição da descida.

Publicidade

Interferência de passe

David Nojuku (à esq.) e Sauce Gardener (à dir.) disputando bola durante partida entre Cleveland Browns e New York Jets (Reprodução Site/NFL/Aaron Doster)

A interferência de passe é uma falta que pode ser marcada tanto para o ataque quanto para defesa. Ela acontece quando um jogador impede o outro de atacar a bola enquanto ela está no ar. Ou seja, a penalidade é dada desde que o passe já tenha sido feito.

Para o ataque, a penalidade é de 10 jardas a partir de onde a bola saiu. Já para a defesa, a penalidade pode ser mais dura: a bola será posicionada para o ataque no ponto da falta. Ou seja, a falta de interferência de passe pode custar de 5 até 99 jardas, além de uma renovação de descidas para o ataque.

Publicidade

Saída falsa

A falta de saída falsa é marcada, basicamente, quando um jogador de ataque se mexe após se posicionar para o início da jogada e antes da bola ser colocada em jogo. Para cada posição, existem movimentos que podem ser feitos ou não neste momento pré-snap.

Caso a arbitragem jogue a flanela amarela para uma falta de saída falsa, a equipe de ataque voltará 5 jardas a partir do ponto de onde a bola saiu e repetirá a descida.

Publicidade

Offside

A falta de offside é marcada quando um jogador invade a zona neutra, que é um corredor imaginário delimitado pela dimensão da bola de futebol americano. Para aquele que cometer a falta, é dada uma penalidade de 5 jardas e a repetição da descida.

Conduta antidesportiva

A conduta antidesportiva é uma das faltas mais polêmicas do futebol americano, em especial na NFL. Isto porque é uma penalidade completamente interpretativa — depende de cada equipe de arbitragem a régua moral do que é falta de desportividade ou não dentro de uma partida.

De acordo com o livro de regras da NFL, são consideradas situações de conduta antidesportiva desde socos, chutes ou sinais ofensivos até provocações. Essa questão de “podar” determinadas intimidações e comemorações no jogo fizeram com que a liga ganhasse a fama de No Fun League (Liga Sem Graça, em tradução livre).

Para uma falta de conduta antidesportiva, a penalidade é de 15 jardas. Se o jogador receber uma segunda falta deste tipo, ele é expulso da partida.

Roughing the passer

Joe Burrow, quarterback do Cincinnati Bengals, é o jogador mais bem pago da liga (Reprodução Site/NFL/Ryan Kang)

A falta de roughing the passer é marcada contra os defensores que derrubam o quarterback depois dele ter efetuado o passe. O jogador de defesa é punido com 15 jardas e pode ser ejetado da partida dependendo da intensidade com que atingiu o quarterback; o ataque ganha uma primeira descida automática.

Intentional grounding

Falando em quarterbacks, apesar deles serem tidos como protegidos da NFL, há também as faltas para eles. O intentional grounding é marcado quando um quarterback lança a bola no chão para evitar ser derrubado por um defensor.

É considerado intentional grounding quando não há nenhum recebedor perto e o quarterback lança a bola a partir do pocket — área imaginária delimitada pelo ombro de fora do último jogador de cada lado da linha ofensiva.

Para a falta de intentional grounding, o time de ataque é punido com 10 jardas e perda de descida. Se a falta for cometida pelo quarterback dentro da própria end zone, é considerado safety — dois pontos para o adversário, além da posse de bola.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.