Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Brasil amassa Argentina, garante vaga na semi da Copa Ouro, e Arthur Elias avisa: 'Queremos mais' 

Seleção feminina venceu a rival por 5 a 1, e conhece hoje a noite o próximo adversário, que será definido após confronto entre México e Paraguai

Gol Delas|Camila Juliotti, do R7 e Camila Juliotti

Bia Zaneratto foi um dos destaques da goleada, com 2 gols e 1 assistência
Bia Zaneratto foi um dos destaques da goleada, com 2 gols e 1 assistência Bia Zaneratto foi um dos destaques da goleada, com 2 gols e 1 assistência (Leandro Lopes/CBF)

A seleção brasileira está na semifinal da Copa Ouro Feminina. O Brasil goleou a Argentina por 5 a 1 em uma das melhores apresentações da equipe sob o comando de Arthur Elias. Na goleada, Bia Zaneratto marcou duas vezes e deu uma assistência. Yaya, Yasmin e Gabi Nunes ampliaram o placar. Com 100% de aproveitamento, a segunda melhor campanha, e a defesa vazada apenas uma vez em quatro jogos do torneio, a seleção já começa a sonhar com o título.

"Sem dúvida, foi a partida que jogamos melhor, mas queremos mais. Queremos que a equipe crie oportunidades, que isso seja uma constante ao longo do jogo inteiro, nas bolas paradas, nas ações ofensivas [...] A equipe está de parabéns, mas elas sabem que esperamos chegar longe. Para isso, precisamos ainda seguir evoluindo a cada momento desta competição", disse o treinador brasileiro em coletiva de imprensa ao final da partida. 

Arthur Elias ainda reforçou a estratégia de rodar o elenco ao longo da competição — apenas a terceira goleira, Amanda, não teve chance em campo até agora —, para não só testar as jogadoras, como definir a lista final de atletas que vão disputar os Jogos Olímpicos de Paris, em julho e agosto deste ano.

"É o que eu tenho feito em todos os jogos, aplicando aquilo em que acredito: realizando substituições para proporcionar oportunidades a todas as atletas, visando manter a qualidade e intensidade do nosso jogo. Elas precisam entender que não temos titulares. Isso, quem acompanha meu trabalho há bastante tempo, seja nos clubes, seja agora na seleção, mostra que está acontecendo em todas as datas FIFA. Fiz isso porque tenho convicção de que é o melhor para o nosso processo de evolução daqui."

Publicidade

O adversário do Brasil na semifinal será conhecido na noite deste domingo (3) após o confronto entre México e Paraguai, e a equipe brasileira entra em campo novamente na próxima quinta-feira (7). O técnico brasileiro comentou sobre a importância desses dias de descanso.

"Nós sabíamos que passar entre os dois primeiros (colocados) seria bom porque teríamos um dia a mais de recuperação a partir das semifinais. Esse era o nosso objetivo na primeira fase: classificar entre as duas melhores campanhas, e nosso time conseguiu isso", finalizou.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.