Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Vândalos tiram Luan do motel. E o agridem. Cumprem a promessa de caçar jogadores na balada. O clima no Corinthians é de tensão

Luan estava com amigos e mulheres no motel Caribe, nesta madrugada. Vândalos infiltrados nas organizadas foram avisados. Invadiram o motel e o quarto e o expulsaram a socos e pontapés. A situação é assustadora

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Luan foi retirado do motel Caribe. Estava com amigos e mulheres. Recebeu chutes e socos de torcedores
Luan foi retirado do motel Caribe. Estava com amigos e mulheres. Recebeu chutes e socos de torcedores

São Paulo, Brasil

Vândalos infiltrados nas organizadas do Corinthians haviam prometido.

Iriam vigiar jogadores do clube durante a noite, na madrugada.

E ontem alguns deles ficaram sabendo que Luan estava no motel Caribe, na Barra Funda.

Publicidade

Não tiveram dúvidas.

Trataram de invadir o motel, tirá-lo do quarto e agredi-lo com socos e pontapés.

Publicidade

Ele estava acompanhado de amigos e algumas mulheres.

Assustado, ele saiu sendo xingado, estapeado, recebendo muitos socos nas costas.

Publicidade

E ainda foi avisado de que tudo tudo vai piorar se ele não rescindir seu contrato!

A direção do motel chamou a polícia.

A direção do clube já sabia que as organizadas estavam controlando o movimento dos atletas à noite. E avisou a elas para evitarem se expor.

Não foi por acaso que, após a derrota contra o Bragantino, o coro que saía das organizadas era: "Ei, você aí. Acabo com sua vida se o Coringão cair".

A caça de atletas nas noitadas está se tornando comum nas organizadas. Principalmente quando o time está em péssima fase. Foi assim com o Palmeiras, com o Santos, com o Flamengo. 

O presidente Duilio Monteiro Alves acionou a polícia. E acionou o departamento jurídico para o que Luan precisar.

Imagens da agressão a Luan já circulam nas redes sociais. Expulso do motel por vândalos corintianos
Imagens da agressão a Luan já circulam nas redes sociais. Expulso do motel por vândalos corintianos

Tudo aconteceu na madrugada desta terça-feira.

Os jogadores, que enfrentarão o América Mineiro pelas quartas da Copa do Brasil, já estão sabendo da situação.

Luan recebe R$ 800 mil no Corinthians.

Não joga há um ano e quatro meses, por falta de condições técnicas.

Desde então, treina em separado no clube.

Ele foi comprado por R$ 28,9 milhões por 50% do jogador, do Grêmio, em dezembro de 2019. Seu contrato termina em dezembro deste ano.

No total, o clube gastará R$ 63 milhões com o meia.

A agressão a Luan põe em alerta todo o elenco.

E mesmo o treinador Vanderlei Luxemburgo.

A situação é muito tensa no Parque São Jorge...

Confira imagens da suíte do motel em que Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.