Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Vândalos na torcida do Corinthians agridem jogadores sub-18 do Palmeiras. Na final do Metropolitano de futsal. Precisam ser punidos criminalmente

O Palmeiras vencia o Corinthians por 5 a 2, na decisão do Metropolitano de Futsal. Faltando dois minutos para o jogo acabar, vândalos infiltrados nas organizadas corintianas invadiram a quadra do Presidente Ciro ll, na Penha. E passaram a bater nos meninos do Palmeiras. Vergonhoso

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window

Vândalos das organizadas do Corinthians agridem jogadores sub-18 do Palmeiras

Cenas lastimáveis.

Cerca de 50 adultos invadiram a quadra do Presidente Ciro ll, na Penha, na manhã deste sábado.

E passaram a dar chutes e socos nos jogadores do Palmeiras sub-18, categoria que reúne meninos até 18 anos.

Apavorados, eles corriam e tentavam se defender das pancadas.

Publicidade

Fugiram para os vestiários.

E por muita sorte ninguém ficou ferido gravemente.

Publicidade

O Campeonato Paulista Metropolitano de futsal, categoria sub-18, estava sendo decidido.

A Federação Paulista de Futsal deu uma prova inaceitável de desleixo.

Publicidade

Não levou em conta a violência que domina o mundo.

E a rivalidade entre os dois clubes, entre as duas torcidas.

Se no futebol profissional há a torcida única em São Paulo desde 2016, no futsal, não há esta preocupação.

Vários princípios de tumultos acontecem e são abafados, não chegam na grande mídia.

Mesmo em torneios de base.

Tanto que, por ironia, tanto Corinthians como Palmeiras entraram na quadra, antes da final, carregando uma faixa.

Nela estava escrito “Insulto Zero”

Havia mais na faixa: “Torça, vibre. Não xingue, Não ofenda.”

Federação de Futsal já tentava evitar a violência, com campanha 'Insulto Zero'. Enorme fracasso

Só que muito mais do que confeccionar faixas, a Federação Paulista de Futsal deveria ter contratado um número muito maior de seguranças.

O clima de tensão, de confronto, era evidente para quem estava no ginásio.

As torcidas organizadas do Corinthians estavam em muito maior número do que a do Palmeiras.

E vândalos já xingavam, tentavam intimidar os meninos rivais.

O Palmeiras não teve dificuldade no jogo.

E goleava impiedosamente o Corinthians por 5 a 2.

Faltavam dois minutos para o fim da partida.

O título de 2024 já tinha um dono.

Foi quando houve uma confusão normal entre os atletas, que se empurraram.

Acabou sendo a senha para que vândalos decidiram mostrar toda sua selvageria.

Desceram da acanhada arquibancada e correram para se vingar da derrota nos meninos palmeirenses.

Adultos deram socos, pontapés à vontade.

A ínfima segurança enviada pela Federação Paulista de Futebol nada pôde fazer.

Um espetáculo tenebroso, assustador.

E que, por pura sorte, não acabou em tragédia.

Mais aliviados do que alegres. Meninos do Palmeiras escaparam das agressões e comemoraram o Metropolitano. São campeões

Os garotos palmeirenses comemoraram o título no vestiário.

Mais aliviados por não terem sido feridos do que alegres.

Uma vergonha para a elite do esporte brasileira.

E que não pode ser desprezada.

As imagens dos agressores foram gravadas.

Precisam ser punidos criminalmente.

O que aconteceu hoje na Penha foi devastador...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.