Cosme Rímoli Sorte. Corinthians se livra de Vagner Love. Caminho aberto para Jô

Sorte. Corinthians se livra de Vagner Love. Caminho aberto para Jô

Com sutil comemoração, a diretoria corintiana se despede de Vagner Love. Uma proposta russa chegou na melhor hora. Contrato rescindido na hora

  • Cosme Rímoli | Do R7

Sem explosão muscular, lento, o veterano Love não deixará saudade

Sem explosão muscular, lento, o veterano Love não deixará saudade

Reprodução Twitter

São Paulo, Brasil

Está aberto o caminho para Jô.

O Corinthians acaba de se livrar de Vagner Love.

O jogador percebeu que não havia mais espaço no clube.

O desempenho do veterano atacante era pífio.

Em 2020, conseguiu marcar apenas um gol.

Ele fará 36 anos daqui seis dias.

Tinha contrato até dezembro.

Seu salário era de R$ 550 mil.

O estafe do jogador havia avisado a diretoria corintiana que, se quisesse dispensá-lo, teria de pagar R$ 3,3 milhões.

A mesma coisa valeria se ele encontrasse um clube, teria de pagar ao Corinthians, para ser liberado.

Mas surgiu um clube russo e aceitou levá-lo.

Desde que não pagasse nada por isso.

Bancaria apenas seus salários.

A proposta foi aceita de imediato.

Love sabia que o Corinthians não impediria sua saída.

E tudo foi acertado de forma fulminante, rápida, hoje.

Na diretoria houve enorme alívio.

O dinheiro economizado está pronto para ser repassado a Jô.

O atacante está formalizando sua saída do Nagoya Grampus.

O jogador tem a proposta de dois anos e meio de contrato no Corinthians.

Com salários de R$ 700 mil.

Primeira passagem foi ótima. Mas a segunda, uma desilusão

Primeira passagem foi ótima. Mas a segunda, uma desilusão

Reprodução

Vagner Love foi muito bem na primeira vez que atuou no Parque São Jorge. Em 2015. A segunda, de 2019 até agora, foi fraquíssima.

Ele perdeu explosão muscular, sua maior arma.

Se tornou mero reserva de luxo.

Tiago Nunes não contava com seu futebol.

E não fez a menor questão de segurá-lo.

Foi um golpe de sorte para o Corinthians esse interesse russo.

Love não deixará a menor saudade.

Agora a diretoria tem outra esperança.

Que os clubes russos levem Boselli...

Messi 'veta' aviões de sobrevoarem a sua casa? Entenda a polêmica

Últimas