Rony, que sonhava com o Corinthians, é do Palmeiras

O atacante já havia até conversado com Tiago Nunes. Queria jogar no Corinthians. Só que faltou dinheiro. Por isso, acaba de fechar com o rival Palmeiras

Rony, Rony Corinthians, Rony Palmeiras, Rony Athletico Paranaense

O Palmeiras acaba de divulgar a contratação de Rony. Jogador que não contava

O Palmeiras acaba de divulgar a contratação de Rony. Jogador que não contava

Palmeiras

São Paulo, Brasil

Rony não era prioridade no Palmeiras.

Por um motivo muito simples.

Porque, para a diretoria e para Vanderlei Luxemburgo, o jogador já estava acertado com o Corinthians.

Desde o final do ano passado, o jogador vinha conversando com Tiago Nunes.

Estava empolgado em atuar na nova equipe que o seu ex-treinador do Athletico prometia montar no Parque São Jorge.

O clube paranaense pedia 12 milhões de euros, cerca de R$ 56 milhões de euros, ou 6 milhões de euros, perto de R$ 28 milhões, por 50% dos seus direitos.

Andrés Sanchez se animou. Contabilizava a economia de 5 milhões de euros, cerca de R$ 23 milhões, na contratação de Luan.  Tinha a certeza que a cúpula do patrocinador BMG aceitaria antecipar esse valor.

Errou.

Ao saber que a negociação havia travado, Anderson Barros,novo executivo de futebol do Palmeiras, entrou em ação. Ele queria marcar sua chegada, no lugar do demitido Alexandre Mattos, com a contratação de um artilheiro.

E, se valendo de sua amizade com Mario Celso Petraglia, perguntou se havia a possibilidade de o Palmeiras ficar com Rony, caso desse errado a negociação com o Corinthians.

Petraglia disse que 'sim'.

Só que ao mesmo tempo, Dorival Júnior,o novo treinador da equipe paranaense implorou para que os dirigentes segurassem Rony.

Mas a relação entre o homem que comanda o Athletico e os empresários de Rony havia se deteriorado. Por conta dos direitos que ficariam com o jogador. Tempo de um novo contrato. Salários.

Propostas foram feitas e desfeitas.

Salários combinados e que na hora do acerto foram diminuídos.

A torcida athleticana comemorou à toa.

Rony já tinha conversado com Tiago Nunes. Queria jogar pelo Corinthians

Rony já tinha conversado com Tiago Nunes. Queria jogar pelo Corinthians

Reprodução/Twitter

Apesar de ser anunciada a sua permanência, o atacante jamais assinou novo contrato.

O ressentimento dominou os contatos.

O Corinthians já havia desistido há muito tempo.

Foi quando Anderson Barros recebeu uma ligação direta de Petraglia.

Se o Palmeiras pagasse 6 milhões de euros, 50% do atacante, seria do clube. E o artilheiro seria liberado imediatamente.

Foi o que aconteceu.

Barros consultou Mauricio Galiotte. O presidente entrou em contato com Vanderlei Luxemburgo e o treinador insistiu que seria um excelente negócio. Precisava de um jogador veloz, artilheiro, para atuar pela esquerda do ataque.

Rony, a esta altura, já havia desistido da sua grande vontade de jogar pelo Corinthians.

E pensou no excelente contrato que o Palmeiras oferecia.

Seus salários de R$ 200 mil passariam a R$ 420 mil. Mais bônus de 10% ao ano. Fora 500 mil dólares de luvas, R$ 2,3 milhões. Para acabar o impasse que havia entre o atleta e o clube paranaense.

Rony passou pelo Remo, Cruzeiro, Náutico, Albirex e Athletico. 24 anos

Rony passou pelo Remo, Cruzeiro, Náutico, Albirex e Athletico. 24 anos

Athletico Paranaense

O jogador, a princípio, teria direito a 50% dos seus direitos. Ou seja, R$ 14 milhões desta transação fechado com o Palmeiras.  O Athletico oferecia, no máximo, 1 milhão de euros, cerca de R$ 4,7 milhões. Por esse dinheiro, o atacante não iria sair. Foi quando o clube paulista ofereceu mais 500 mil dólares e aumentou seu salário.

Aí, tudo foi fechado.

Tiago Nunes lamentou por dois motivos.

O primeiro é que o Corinthians não teve dinheiro para trazer o jogador.

O segundo: foi para o maior rival.

Luxemburgo está rindo à toa.

Conseguiu um atacante importante, decisivo.

No auge de sua forma física.

Com 24 anos.

Com quem já não contava...

Família de Hulk aprova namoro do atacante com Camila Ângelo