Cosme Rímoli Rio de Janeiro libera 50% de público no Maracanã a partir de setembro

Rio de Janeiro libera 50% de público no Maracanã a partir de setembro

O Flamengo sonhava com 30%. A prefeitura do Rio de Janeiro avisa que a capacidade de 50% estará liberada. Em setembro. Basta os torcedores terem tomado duas doses de vacina contra a covid-19

  • Cosme Rímoli | Do R7

50% do Maracanã equivale a 35 mil torcedores. Festa na Gávea

50% do Maracanã equivale a 35 mil torcedores. Festa na Gávea

Flamengo

São Paulo, Brasil

Muito melhor do que o Flamengo esperava.

Ao formalizar ontem o pedido para a prefeitura do Rio de Janeiro liberar 30% do Maracanã para o jogo contra o Olimpia, no dia 18 de agosto, o presidente Rodolfo Landim tinha uma intenção. Aos poucos conseguir a volta de público no estádio mais tradicional do país. Para passar a contabilizar o dinheiro da arrecadação dos seus jogos.

Landim esperava 30% em agosto, sonhando com 50% em novembro, dezembro, por conta da pandemia.

Mas ele tem motivos para comemorar.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, acaba de liberar 50% de público no Maracanã, já a partir de setembro.

A única exigência do prefeito é que todos que entrarem no estádio tenham recebido duas doses da vacina contra a Covid-19.

A tendência é que outras prefeituras sigam o mesmo caminho.

Belo Horizonte já liberou 30%, a partir de 18 de agosto.

São Paulo estuda também seguir o mesmo caminho.

A dúvida é se 30% ou 50%.

A partir de agosto também.

O anúncio está para acontecer.

Para o futebol, a pandemia está terminando.

O que não é verdade.

Infelizmente.

Nas últimas 24 horas morreram 1.336 pessoas no país...

Sob chuva, seleção feminina se prepara para duelo com o Canadá

Últimas