Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Repercussão contrária pesa. E Daniel Alves tenta dinheiro da Receita Federal Espanhola. Para não pegar novo empréstimo de Neymar

Diante da enorme repercussão contrária, Daniel Alves tenta preservar Neymar. E tenta dinheiro da Receita Federal Espanhola, para esperar em liberdade o recurso pela condenação por estupro. Por enquanto...

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Repercussão mundial contrária ao apoio financeiro de Neymar a Daniel Alves, condenado por estupro
Repercussão mundial contrária ao apoio financeiro de Neymar a Daniel Alves, condenado por estupro Repercussão mundial contrária ao apoio financeiro de Neymar a Daniel Alves, condenado por estupro (CBF)

São Paulo, Brasil

A péssima repercussão mundial diante da informação do jornal La Vanguardia, de que Neymar emprestaria um milhão de euros, cerca de R$ 5,4 milhões, para a liberdade provisória de Daniel Alves, pesou.

E houve um recuo de parte dos advogados de defesa do ex-lateral do Barcelona.

Em vez de receber o dinheiro de Neymar, a tentativa é de que a Receita Federal Espanhola pague para que saia da cadeia.

Publicidade

Ele tem a receber cerca de R$ 6,5 milhões de impostos que Daniel Alves teria pago a mais, nos anos de 2013 e 2014.

Daí, o dinheiro de Neymar não seria necessário.

Publicidade

Como foi na diminuição de sua pena, de nove anos, por estupro, para quatro anos e meio.

Foram 150 mil euros, R$ 819 mil, que foram depositados como 'manifesto desejo de reparação moral' à vítima.

Publicidade

Mesmo a mulher, que a Justiça Espanhola confirmou ter sido estuprada pelo brasileiro, não querendo o dinheiro. Ele foi depositado em juízo.

Hoje, o jornal La Vanguardia garantiu que Neymar outra vez ajudaria o amigo, que conseguiu uma inesperada liberdade provisória, até que os recursos da promotoria, que considerou a pena leve, e dos seus advogados de defesa, que querem a liberdade, sejam julgados.

Além desse dinheiro da Receita Federal, Daniel Alves ainda está para receber R$ 50 milhões, por um processo que move contra o Barcelona, exigindo direitos de imagens que, segundo ele, não foram pagos.

Houve inúmeras manifestações no mundo pela libertação, por dinheiro, de Daniel Alves, condenado por estupro.

Mas a legislação espanhola é assim.

Lembrando que os bens de Daniel Alves estão embargados pela justiça espanhola.

No entanto, novos pagamentos, podem ser desviados para a sua liberdade.

Pelo menos é que está tentando sua advogada principal.

Inés Guardiola não quer apelar, de novo, para o dinheiro de Neymar.

Mas, se não conseguir a liberação da Receita Federal ou do Barcelona, é mais do que provável que tente um novo empréstimo do amigo...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.