Cosme Rímoli 'Quero o Tuchel no banco do Chelsea. O time deles completo. Queremos entrar para a eternidade', promete Abel

'Quero o Tuchel no banco do Chelsea. O time deles completo. Queremos entrar para a eternidade', promete Abel

O treinador está muito confiante na decisão do Mundial, amanhã, nos Emirados. Ele se alegrou ao saber que o treinador alemão Tuchel comandará o Chelsea. E jogará com os titulares. 'O Palmeiras estará pronto'

  • Cosme Rímoli | Do R7

Confiante, Abel Ferreira comemora a chegada de Tuchel, para comandar o Chelsea

Confiante, Abel Ferreira comemora a chegada de Tuchel, para comandar o Chelsea

Palmeiras

São Paulo, Brasil

Thomas Tuchel desembarcou nos Emirados Árabes. 

O treinador, que finalmente acabou seu período de quarentena por Covid, chegou a Abu Dhabi, para ficar no banco de reservas amanhã, na final do Mundial de Clubes, contra o Palmeiras.

Abel Ferreira soube capitalizar a ida, às pressas, do técnico alemão para a decisão.

Ele aproveitou para mostrar aos seus atletas o quanto os europeus 'valorizam, sim' a competição. E que o Chelsea fará tudo para tentar ganhar o título amanhã.

"Espero e desejo que ele (Tuchel) possa estar no banco porque é assim que eu desejo enfrentá-los."

Abel tratou de passar confiança, mostrar o quanto acredita que o Palmeiras terá atitude amanhã, na busca do seu mais sonhado título. Apesar do favoritismo do bilionário Chelsea.

"Há uma diferença, sobretudo, na capacidade de uma e outra equipe de contratar jogadores para o seu elenco. Essa é uma forte e grande diferença. Agora, no que diz respeito aos valores universais, à vontade, à competitividade, à organização, às capacidades coletivas, estamos no nível dos melhores do mundo. Nós competimos com qualquer equipe com o mesmo propósito, que é vencer. Não estamos por aqui por sorteio, estamos por mérito, qualidade, trabalho e dedicação."

"Nós trabalhamos com um propósito claro: chegar à final e ganhar. Desde que ganhamos a Libertadores, é isso que temos na nossa mente. É o que vamos procurar fazer do início ao final do jogo", avisou.

Abel Ferreira conseguiu mostrar a energia que domina seu time antes da decisão.

"Vamos entrar por aquilo que somos bons. Na coragem, na valentia, na capacidade de, quando tivermos bola, impormos o nosso jogo. Ter coragem para ter a bola, fintar, driblar, dar mais que um toque. Que esses jogadores tenham a cabeça em paz para por todo o seu talento, porque têm muito, a serviço do coletivo."

Ou seja, ele deixou explícito. Seu time não ficará na retranca, deixando a iniciativa apenas para os ingleses. Montou o Palmeiras também para marcar sob pressão o time britânico.

Há a convicção que o preparo físico do time brasileiro é melhor.

O português sabe também que o Chelsea vem com todos seus titulares, ao contrário do que aconteceu na semifinal, no sufoco que tomou contra o Al-Hilal.

Com direito ao goleiro Mandy, melhor goleiro do mundo, reassumindo sua posição, depois de vencer a Copa Africana, com Senegal.

Abel manterá a mesma equipe que venceu a Libertadores e derrotou o Al-Ahly.

Os jogadores do Palmeiras estão mais do que confiantes para a final do Mundial

Os jogadores do Palmeiras estão mais do que confiantes para a final do Mundial

Palmeiras

O plano tático do Palmeiras procurará explorar a marcação alta inglesa, com infiltrações em velocidade de Rony e Dudu por trás da zaga, que é lenta.

Abel estava tão à vontade que fez questão de passar um recado aos torcedores. Para não se embebedarem esta noite nos Emirados.

"Não tomem todas, amanhã precisamos de vocês fresquinhos para ajudar ao Palmeiras. Que desfrutem, amanhã estádio cheio, desfrutem do jogo."

"Aconteça o que acontecer, vamos ficar na história."

"Mas queremos entrar para a eternidade..."

Palmeiras busca o bi? Veja mundiais que brasileiros podem reivindicar

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas