Libertadores

Cosme Rímoli Pronto para desequilibrar a final da Libertadores. Arrascaeta, a 'surpresa' de Renato Gaúcho

Pronto para desequilibrar a final da Libertadores. Arrascaeta, a 'surpresa' de Renato Gaúcho

O meia uruguaio se curou da distensão na coxa. Descansou, treinou forte, recuperou energia. Se preparou como nunca para a final da Libertadores. E tem a promessa de um grande aumento salarial

  • Cosme Rímoli | Do R7

Arrascaeta. A grande arma de Renato Gaúcho para a final de sábado. Mais do que pronta

Arrascaeta. A grande arma de Renato Gaúcho para a final de sábado. Mais do que pronta

Alexandre Vidal/Flamengo

São Paulo, Brasil

Ele está em condições de jogar 90 minutos.

Ou até 120 minutos e ainda cobrar pênalti.

Há pelo menos 15 dias, poderia estar atuando.

Mas foi poupado do calendário insano que o Flamengo teve de enfrentar desde que conseguiu a classificação para a decisão da Libertadores.

E foi tratado com o maior cuidado por Renato Gaúcho para o jogo de sábado.

Arrascaeta, que se contundiu na partida do Uruguai contra a Colômbia, está no auge de sua forma física. Aproveitou ao máximo a parada, por causa do início de distensão na coxa direita, e fez quase que uma pré-temporada.

O jogador, de 27 anos, estava estafado com o acúmulo de jogos. Renato Gaúcho, sabendo de sua importância na decisão da Libertadores, aproveitou que tinha de tratar da contusão e fez com que ele descansasse, aprimorasse seu preparo físico ao máximo, pensando na final contra o Palmeiras.

Quando o meia uruguaio entrou ontem, aos 12 minutos do segundo tempo, contra o Grêmio, foi para ganhar ritmo de jogo. Mas ele já estava treinando muito forte. Como as atividades do time são fechadas para a imprensa, Arrascaeta se aprimorou com toda a tranquilidade.

Renato não quis expô-lo no Brasileiro, já que o Atlético Mineiro estava, e segue disparado, na liderança. 

O treinador, embora tenha feito um trabalho excepcional de recuperação de Michael, acredita que com Arrascaeta o time ganha mais consistência tática. A movimentação do ataque fica mais difícil de marcar, já que Renato sabe que Abel Ferreira tentará travar seu time congestionando a intermediária.

Embora tenha recuperado Michael, Renato acredita que com o Arrascaeta o time fica mais consistente

Embora tenha recuperado Michael, Renato acredita que com o Arrascaeta o time fica mais consistente

Alexandre Vidal/Flamengo

O plano tático para a final já foi decidido, ensaiado, treinado.

A 'surpresa' que Renato espera ser fundamental no sábado está no ótimo estado atlético do meia uruguaio.

Arrascaeta está empolgado.

Não só pela decisão da Libertadores.

Porque também a diretoria acena com a promessa de resolver a discrepância salarial do meia uruguaio. Ele recebe muito menos do que Bruno Henrique e Gabigol. E tem contrato até o fim de 2023. A princípio, ele e seu empresário Daniel Fonseca querem que o clube compre 25% dos seus direitos junto ao Defensor. 

Mas a contraproposta é dar um aumento salarial, que poderia chegar a 40%, para que receba perto de Gabigol. E antecipe a sua renovação até 2026.

As conversas estão adiantadas.

Arrascaeta se mostra entusiasmado com a final.

Pronto para ser a grande arma guardada pelo Flamengo...

Últimas