Cosme Rímoli Pressa para recuperação de Neymar pode ter contribuído para a necessidade de cirurgia. Pior para o PSG e Seleção

Pressa para recuperação de Neymar pode ter contribuído para a necessidade de cirurgia. Pior para o PSG e Seleção

O jogador de 31 anos ficará, no mínimo, quatro meses longe dos gramados. Reconstrução dos ligamentos do tornozelo direito é uma cirurgia delicada. Com recuperação ainda mais problemática

  • Cosme Rímoli | Do R7

O exato momento do rompimento dos ligamentos do tornozelo direito de Neymar

O exato momento do rompimento dos ligamentos do tornozelo direito de Neymar

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

"Neymar Jr teve vários episódios de instabilidade do tornozelo direito nos últimos anos. Após sua última entorse, a equipe médica do Paris Saint-Germain recomendou uma operação de reparação ligamentar, a fim de evitar um grande risco de recorrência.

"Todos os especialistas consultados confirmaram essa necessidade. Esta cirurgia será realizada nos próximos dias no Hospital Aspetar, em Doha.

"Espera-se um período de três a quatro meses para seu retorno aos treinos coletivos."

Desta maneira fria, o PSG noticiou hoje que o principal jogador brasileiro sofrerá uma cirurgia delicada, por conta de violenta torção no dia 20 de fevereiro.

A notícia do fim da temporada europeia de Neymar é dura, triste, mas não surpreendente.

O blog já havia publicado, desde a lesão ligamentar na Copa do Mundo do Catar que ele sofreu no Catar, que seu tornozelo direito era o seu ponto fraco.

Como o próprio departamento médico do PSG confirmou, Neymar sofreu ao longo dos anos várias entorses e rompimentos de ligamentos do tornozelo direito. Foram duas operações importantes, para corrigir fraturas no quinto metatarso, osso que liga o dedo mínimo ao restante do pé.

Em off, sem querer que seu nome seja divulgado, um ex-médico de um clube grande brasileiro confirmou que a própria imprensa mundial mostrou os riscos da necessidade de operação de reconstrução ligamentar.

Por um motivo muito simples.

E que acontece com todos os grandes jogadores de clubes e seleções, como Neymar.

A necessidade de recuperação mais rápida do que o normal. 

Neymar enfrentou várias técnicas na seleção brasileira e no PSG.

No Catar, e em Paris, ele estava usando uma bota de redução de temperatura combinada com compressão controlada. Para acelerar o metabolismo do jogador.

O departamento médico da seleção brasileira manteve em segredo quão rompidos estavam os ligamentos do atacante.

Mas comemorou demais a recuperação em apenas dez dias.

Da entorse contra a Suíça até ele voltar a campo diante da Coreia do Sul.

Contra os sul-coreanos e diante dos croatas, foi claro que Neymar se poupou, como foi descrito no blog, direto de Doha. Evitava prender a bola, dar arrancadas. Mas, mesmo assim, recebeu faltas. Cada vez que ele caía, a preocupação era anormal no banco de reservas da comissão técnica de Tite.

Foram várias entorses do tornozelo direito de Neymar. Os ligamentos não suportaram. Romperam de vez

Foram várias entorses do tornozelo direito de Neymar. Os ligamentos não suportaram. Romperam de vez

REUTERS/Sarah Meyssonnier - 19/02/2023

No PSG, a sua importância também é grande. Apesar de haver perdido o protagonismo para Mbappé e Messi.

Tanto que estava se submetendo ao mesmo tratamento para tentar antecipar seu retorno. O sonho era que estivesse pronto para esta quarta-feira (8), na partida decisiva das oitavas da Champions, contra o Bayern.

Mas os médicos perceberam que a entorse que ele sofreu no tornozelo direito era mais grave do que parecia. Os métodos comuns de antecipação de recuperação não estavam funcionando. Daí a necessidade de operação.

Ele sofrerá uma artroscopia, ou seja, uma microcâmera será introduzida no tornozelo de Neymar. Nela, os médicos observarão as condições reais dos seus ligamentos. Eles poderão ser removidos, e tendões do próprio jogador serão usados para substituí-los.

Ou mesmo serão usados materiais sintéticos.

A operação é simples, mas a recuperação, demorada. E precisa ser feita com muito cuidado em um jogador de futebol da elite.

Se fosse uma pessoa "normal", poderia levar até um ano.

A operação será feita no hospital Aspetar, em Doha, no Catar, por ordem da direção do PSG. Lembrando que o clube é da família real catariana.

O hospital é especializado em ortopedia. Considerado um dos mais modernos e equipados do mundo.

A operação não sabota só os planos do PSG, mas da própria seleção brasileira.

O jogador ainda é considerado fundamental, independentemente da escolha do treinador que deve ser anunciado em junho.

Na Copa do Mundo, Neymar já mostrava o seu 'ponto fraco'. O tornozelo direito inchado

Na Copa do Mundo, Neymar já mostrava o seu 'ponto fraco'. O tornozelo direito inchado

Reprodução/Twitter

A direção da CBF queria que Neymar já assumisse o protagonismo, fosse o atleta experiente que conduziria o time desde os amistosos antes do início das Eliminatórias da Copa do Mundo, que devem acontecer, para a seleção, a partir de junho.

Mas Neymar, se der tudo certo, deverá voltar aos treinos em julho. Aos jogos, com contatos físicos normais, com direito a faltas, muitas vezes violentas, em agosto, no início da próxima temporada europeia.

A recuperação é delicada e não será apressada, desta vez.

"I'll come back stronger  [Voltarei mais forte]", postou Neymar, nas suas redes sociais.

A cirurgia acontece em um período ruim de sua carreira.

Acumulava seguidas críticas da imprensa francesa, pelo desempenho decepcionante.

A direção do PSG aventava, a sério, negociá-lo para o Chelsea, no fim da temporada.

Aos 31 anos e dois meses, Neymar vive um momento de impasse.

Mobiliza o PSG e a seleção brasileira...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas