Cosme Rímoli Pedro conseguiu mudar seu destino. Estará na Copa do Mundo do Catar. Até Tite admite que precisa de um jogador como ele

Pedro conseguiu mudar seu destino. Estará na Copa do Mundo do Catar. Até Tite admite que precisa de um jogador como ele

O atacante de 25 anos superou perder a Olimpíada, ficar muito tempo na reserva, ver o Flamengo não vendê-lo ao Palmeiras. Mas, graças a Dorival, deu uma arrancada incrível. E convenceu Tite a convocá-lo para a Copa

  • Cosme Rímoli | Do R7

O gol espetacular de Pedro, que levou o Flamengo à semifinal da Copa do Brasil

O gol espetacular de Pedro, que levou o Flamengo à semifinal da Copa do Brasil

Marcelo Cortes/Flamengo

São Paulo, Brasil

Não há mais desculpas.

Tite já havia dado inúmeras pistas.

Quer ter jogadores que possam mudar a maneira de o time atacar.

E, na bateria de entrevistas que tem dado antes do Mundial, ele deixou claro que precisará de um cabeceador.

Em uma recuperação impressionante, e também favorecido pela Fifa aumentar para 26 os convocados de cada país, Pedro será chamado pelo treinador.

O gol espetacular que fez ontem na Arena da Baixada, de voleio, em cruzamento perfeito de Rodinei. Muitos para valorizar o atacante até chamaram de bicicleta a conclusão, o que não é verdade.

O gol, lindíssimo, classificou o Flamengo para a semifinal da Copa do Brasil.

Enfrentará quem sobreviver entre América e São Paulo, que decidem a vaga hoje, em Belo Horizonte.

Mas o que importa é o futebol excelente que o jogador tem mostrado em cima da hora para a definição de Tite dos convocados.

Pedro deixou passar oportunidades importantíssimas.

A primeira, não ir à Olimpíada de Japão.

Convocado, ele aceitou pacificamente, o Flamengo não liberá-lo.

O time brasileiro era fortíssimo, ao contrário dos adversários, que enviaram equipes fracas, inexperientes para a competição de 2021. Desperdiçou a chance de conquistar a medalha de ouro. 

Depois, aceitou ficar várias e várias partidas no banco. Quando treinadores escolhiam Gabigol, o deixando fora. Foi preciso contratar Dorival Júnior que enxergasse que os dois poderiam atuar juntos.

Pedro também silenciou quando a direção do Flamengo não quis vendê-lo para o Palmeiras.

Mas ele estava decidido a pedir para ir para a Europa, na janela deste meio de ano, que acabou de fechar.

Havia finalmente se cansado de ficar fora dos jogos ou entrar no final, quando o time estava sob o comando do português Paulo Sousa.

"No meio do ano [janela de transferência para o exterior vai de 18 de julho a 15 de agosto] a gente conversa, vê o que é melhor para todos nós. Sempre que eu estiver aqui no Flamengo, vou dar a minha vida. Agradeço muito o carinho dos torcedores, o carinho de todos que o Flamengo sempre me deu", disse, no início de maio. 

Em junho, Dorival Júnior foi contratado.

E a decisão tática mais importante foi ter a coragem de não fazer o óbvio. Guardar o lugar de Everton Cebolinha no ataque. E seguir o esquema com um atacante de velocidade ao lado de Gabigol, como acontecia com o contundido Bruno Henrique. Mandando Pedro para o banco.

Não.

Dorival Júnior optou por um losango no meio-campo. Com jogadores ágeis e de múltiplas funções nas intermediárias. Com a liberação dos laterais. Principalmente Rodinei. 

Na frente, Gabigol e Pedro.

O incrível gol que Gabigol perdeu. Depois de passe de Pedro. Bola foi na trave

O incrível gol que Gabigol perdeu. Depois de passe de Pedro. Bola foi na trave

Reprodução/Twitter

O atacante de 25 anos conseguiu reverter a lógica.

E Tite deixou muito claro que sua passagem para o Catar está reservada.

Desta vez sem a direção do Flamengo proibir a sua ida para a Copa do Mundo, lógico.

"Não vou fugir da pergunta.

"Pedro tem características especiais para enfrentar times com linhas baixas (fechados na defesa).

"Tem de ter jogador com essa característica (na Seleção, durante a Copa)", disse à rádio Globo, do Rio de Janeiro.

Pedro passou a fazer parte dos jogadores que irão ao Mundial.

Em compensação, Gabigol, que atuou fora de posição sob o comando de Tite, enfiado entre os zagueiros, não será chamado. 

O jogador só perdeu prestígio com a camisa da Seleção, tentando cumprir as ordens do treinador, que o prejudicavam.

Pedro quem mais faz questão de treinar finalizações no Flamengo.

O gol que fez ontem, que calou a Arena da Baixada, foi treinado.

Ele marcou um na terça-feira, quando se preparava para a decisão contra o Athletico.

Só que o cruzamento foi de Arrascaeta.

Pedro está entusiasmado.

Sabe que o 'mundo girou'.

E a Copa do Mundo nunca esteve tão definida para o atacante...

Brasileirão chega a 14 técnicos demitidos em 22 rodadas

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas