Cosme Rímoli Paulo Sousa promete não ceder às vaias, à pressão. E, apesar das falhas, manterá Hugo como goleiro contra o Fluminense

Paulo Sousa promete não ceder às vaias, à pressão. E, apesar das falhas, manterá Hugo como goleiro contra o Fluminense

O treinador português segue enfrentando enorme pressão. Mas não quer desistir de escalar Hugo como titular. Pelo menos enquanto Santos não se recuperar de contusão. Técnico não se encanta com o futebol de Diego Alves

  • Cosme Rímoli | Do R7

Apesar das vaias, das falhas, das críticas, Paulo Sousa quer manter Hugo titular no Flamengo

Apesar das vaias, das falhas, das críticas, Paulo Sousa quer manter Hugo titular no Flamengo

Alexandre Vidal/Flamengo

São Paulo, Brasil

A direção do Flamengo se vê amarrada.

Mesmo diante de falhas, vaias, pressão, crítica.

Não há como pedir a Paulo Sousa que tire o goleiro Hugo do time titular.

Seria pura interferência, e o treinador, de gênio muito forte, poderia ir embora.

Mesmo o Flamengo tendo pela frente domingo, no Maracanã, o Fluminense, pelo Brasileirão.

Virou uma questão de honra para Sousa não se dobrar diante da pressão para trocar o goleiro de 23 anos.

Quanto mais o técnico português é questionado diante das fracas atuações, da insegurança que Hugo transmite para o time, cada vez mais ele reafirma que o jogador continuará como titular.

Não se importando com a pressão externa.

Isso até que Santos se recupere. O ex-goleiro do Athletico Paranaense segue com lesão no quadríceps da coxa esquerda. Só deve voltar na próxima semana, na melhor das hipóteses.

Embora Diego Alves esteja treinando, o desgaste entre o técnico e o veterano goleiro não é segredo na Gávea. 

A única possibilidade de Hugo não enfrentar o Fluminense é afirmar a Sousa que não quer jogar, deseja se preservar. Mesmo tendo falhado feio ontem, no gol do Sporting Cristal, na vitória no Maracanã por 2 a 1, o arqueiro não quer sair do time.

A situação não para de crescer. Até porque a torcida não tem deixado de perseguir o goleiro. Ela o vaiou muito nos últimos jogos. Há sempre seguranças próximos de Hugo após as partidas.

Após o confronto de ontem no Maracanã, com as intensas vaias contra o arqueiro, Sousa não se esquivou de dar a explicação dos motivos que o levam a mantê-lo como titular.

"Em relação ao Hugo e a todos jogadores, existem sempre falhas. Procuramos sempre melhorar para caminharmos próximos da perfeição. Nessa campanha o Hugo sofreu um gol, hoje. É algo que procuramos estabilizar, com ele e todos os outros jogadores."

"Procurar dar confiança para tomarmos as melhores decisões, por vezes não tomamos as melhores decisões. Mas temos que saber ultrapassar essas situações. Ele, sendo um goleiro de 23 anos, vive um processo de crescimento para ultrapassá-las."

Para não ser incoerente, Sousa deu todos os indícios de que manterá Hugo contra o Fluminense. Mesmo com seu time precisando vencer, para chegar perto dos líderes do Brasileiro. O Flamengo está em 14º, com duas vitórias, três empates e duas derrotas.

Por sua conta e risco.

Hugo fez as últimas seis partidas como titular.

As vaias o acompanham desde onze dias atrás, quando o Flamengo empatou com o Ceará, em 2 a 2.

Sousa promete não ceder.

Seguirá com Hugo.

Até que Santos esteja recuperado.

Não quer contar com Diego Alves. 

Os desentendimentos deixaram marcas.

O técnico não o quer como titular do Flamengo...

Tecnologia no esporte! Estrelas do Liverpool usam sensor cerebral em treinamento

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas