Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Para o mundo, Neymar perdeu sua magia. Por isso, o vexame. Não estar nem entre os 30 melhores que disputarão a Bola de Ouro

A tradicional revista France Football fez sua eleição dos melhores na temporada 2021/2022. Cem jornalistas votaram. Neymar não ficou nem entre os 30 melhores. Justo. Ele teve seu pior desempenho desde que foi para a Europa

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Neymar viveu sua pior temporada na Europa. Por isso não está nem entre os 30 melhores da Bola de Ouro
Neymar viveu sua pior temporada na Europa. Por isso não está nem entre os 30 melhores da Bola de Ouro

São Paulo, Brasil

Mais do que uma decepção, uma constatação.

A maneira com que Neymar é visto pelo mundo atual do futebol.

Não pelo dependente Tite e por seus mais de 200 milhões de seguidores.

Publicidade

A desilusão de não estar nem entre os 30 melhores do mundo que brigarão pelo direito de receber a Bola de Ouro é muito fácil de ser explicada.

Neymar não fez por merecer.

Publicidade

Basta fazer uma análise mais profunda dos critérios que a France Football utilizou para chegar aos 30 atletas com melhor desempenho entre agosto de 2021 e julho de 2022.

São três critérios que definiram a eleição, feita entre cem jornalistas do mundo todo.

Primeiro: "o desempenho individual e o caráter decisivo dos concorrentes".

Segundo: "sobre o desempenho coletivo e os recordes acumulados na temporada".

Terceiro: "talento do jogador e seu senso de fair play".

Os cem jornalistas tiveram de escolher três atletas cada um.

Neymar virou mero coadjuvante de Mbappé no PSG. Sonhado protagonismo nunca aconteceu
Neymar virou mero coadjuvante de Mbappé no PSG. Sonhado protagonismo nunca aconteceu

E eles não consideraram que Neymar tenha decidido jogos importantes. O PSG naufragou nas oitavas da Champions League. 

Em toda a temporada 2021/2022, o atacante marcou apenas 13 gols. O menor número desde que foi para a Europa, em 2013, nove anos atrás. Detalhe: ele é o cobrador oficial de pênaltis e faltas do PSG.

Na Champions League, o desempenho foi melancólico.

Não marcou sequer um gol. Nas oito disputas anteriores, ele tinha feito pelo menos três gols.

Nas Eliminatórias Sul-Americanas, embora tenha oito gols no total, durante o período entre agosto de 2021 e julho de 2022, ele marcou apenas três gols. A artilharia da competição é do boliviano Marcelo Moreno, com dez gols.

O Campeonato Francês é considerado de segunda linha no mundo todo. A conquista do título pelo elenco bilionário do PSG é mais do que obrigatória.

E no torneio o jogador decisivo foi Mbappé. Neymar não passou de mero coadjuvante.

A Seleção Brasileira vencer as Eliminatórias Sul-Americanas tem a mesma importância que Gana, Senegal, Marrocos, Tunísia e Camarões classificadas pela África para o Mundial.

Aos 30 anos, Neymar segue com um talento acima do normal. Mas ele conseguiu estragar sua imagem no futebol europeu. Com simulações, discussões com jogadores adversários, chiliques com árbitros.

Ou seja, o brasileiro não tem a menor proximidade com o fair play, do ponto de vista rígido fora do país. Só aqui, uns poucos jornalistas acreditam que Neymar é "esperto" simulando faltas e tentando intimidar adversários.

Não há como defender o camisa 10 de Tite.

Neymar não marcou um gol sequer na Champions League. Seu desempenho foi indefensável
Neymar não marcou um gol sequer na Champions League. Seu desempenho foi indefensável

Ele deixou o Barcelona para ser o melhor do mundo, o protagonista do PSG. Sair da sombra de Messi, que vivia ainda a grande fase de sua carreira. Mas nestas cinco temporadas, desde 2017, o desempenho de Neymar só cai.

Francês campeão da Copa de 2018, Mbappé "engoliu" o brasileiro em todos os quesitos. Foi muito melhor dentro e fora de campo. E agora também em relação ao poder no PSG. A chegada do executivo português Luis Campos no lugar do brasileiro Leonardo foi para a acabar com as farras, as mordomias, os privilégios de Neymar.

Evidente que o mundo do futebol acompanha o que acontece com o midiático jogador de Mogi das Cruzes.

Inclusive nas redes sociais, onde Neymar segue com conteúdo infantilizado. Com brincadeiras bobas com seus "parças", jogando videogame, dublando, provocando quem o critica ou vendendo perfume e tênis.

Os escândalos sexuais também são fantasmas para o jogador e pesam em qualquer eleição de melhor do mundo. Ainda mais nestes tempos do politicamente correto.

A lista dos trinta jogadores que disputam a importantíssima Bola de Ouro é esta:

Antonio Rüdiger (ALE, Real Madrid, zagueiro)

Bernardo Silva (POR, Manchester City, meia)

Casemiro (BRA, Real Madrid, volante)

Christopher Nkunku (FRA, RB Leipzig, meia)

Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United, atacante)

Darwin Núñez (URU, Liverpool, atacante)

Dusan Vlahovic (SER, Juventus, atacante)

Erling Haaland (NOR, Manchester City, atacante)

Fabinho (BRA, Liverpool, volante)

Harry Kane (ING, Tottenham, atacante)

Heung-Min Son (COR, Tottenham, atacante)

João Cancelo (POR, Manchester City, lateral-direito)

Joshua Kimmich (ALE, Bayern de Munique, volante)

Karim Benzema (FRA, Real Madrid, atacante)

Kevin de Bruyne (BEL, Manchester City, meia)

Kylian Mbappé (FRA, PSG, atacante)

Luis Díaz (COL, Liverpool, atacante)

Luka Modric (CRO, Real Madrid, meia)

Mike Maignan (FRA, Milan, goleiro)

Mohamed Salah (EGI, Liverpool, atacante)

Phil Foden (ING, Manchester City, atacante)

Rafael Leão (POR, Milan, atacante)

Riyad Mahrez (ARG, Manchester City, meia)

Robert Lewandowski (POL, Barcelona, atacante)

Sadio Mané (SEN, Bayern de Munique, atacante)

Sébastien Haller (COS, Borussia Dortmund, atacante)

Thibaut Courtois (BEL, Real Madrid, goleiro)

Trent Alexander-Arnold (ING, Liverpool, lateral-direito)

Vinicius Junior (BRA, Real Madrid, atacante)

Virgil Van Dijk (HOL, Liverpool, zagueiro)

O grande favorito é Benzema.

Desempenho espetacular na Champions League e no Espanhol. Benzema ganhará a Bola de Ouro
Desempenho espetacular na Champions League e no Espanhol. Benzema ganhará a Bola de Ouro

Pela conquista da Champions League, com sua participação fundamental. E o título espanhol. Vencidos pelo Real Madrid.

Não ficar nem entre os 30 postulantes a melhor do mundo mostra a perda de importância de Neymar no cenário atual. Messi também ficou de fora, mas tem 35 anos. E teve problemas de adaptação ao PSG.

O menosprezo a Neymar pode ter duas consequências.

A primeira, que reaja e tente dar sua resposta na Copa do Mundo do Catar.

E também no PSG.

Ou a segunda, que se acomode, bilionário que é, e se conforme em ser um mero coadjuvante bem remunerado demais em Paris. E que não aceite o peso de "carregar nas costas" a Seleção Brasileira.

O prêmio de melhor jogador do planeta, dado pela Fifa, o The Best, ainda será escolhido. E levará em conta a Copa do Mundo. Os três melhores costumam ser anunciados apenas em janeiro.

Ou seja, se quiser dar uma reviravolta na fase final de sua carreira, a hora é essa.

Ou continuar desperdiçando energia fundamental, ficando sem dormir, colecionando baladas com seus parças.

O reflexo dos seus exageros chegou aos gramados.

O mundo inteiro percebeu.

Não ficou de fora da lista dos 30 melhores por acaso.

Para o mundo, Neymar perdeu sua magia...

Longe da Europa, craques apostam em vitrine alternativa para jogar Copa do Mundo

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.