Cosme Rímoli Palmeiras se impôs, mostrou porque é o favorito ao bicampeonato. Adeus, São Bernardo. É o primeiro semi do Paulista

Palmeiras se impôs, mostrou porque é o favorito ao bicampeonato. Adeus, São Bernardo. É o primeiro semi do Paulista

Rony marcou o gol da vitória do Palmeiras. A grande surpresa de Abel foi colocar Tabata e deixar Endrick na reserva. Os palmeirenses conseguiram se impor diante da grande surpresa do Paulista, São Bernardo

  • Cosme Rímoli | Do R7

A felicidade de Rony ao marcar o gol da vitória. Jogador de Seleção Brasileira e atuando na posição certa

A felicidade de Rony ao marcar o gol da vitória. Jogador de Seleção Brasileira e atuando na posição certa

César Grego/Palmeiras

São Paulo, Brasil

O Palmeiras mostrou porque é o favorito para conquistar o bicampeonato Paulista. Melhor campanha e único invico. 

Não tomou conhecimento da maior surpresa do Estadual.

E, com, toda autoridade, despachou o São Bernardo, vencendo no Allianz Parque, por 1 a 0, gol de Rony, cada vez mais confiante com a convocação para a Seleção Brasileira. 

É o primeiro semifinalista do Paulista e, se o Corinthians e o São Paulo vencerem, enfrentará quem sobreviver de Red Bull Bragantino e Botafogo.

Também no Allianz.

A atuação de Abel Ferreira foi fundamental.

E surpreendente.

Tratou de tirar Endrick do time titular, escalando Tabata, que alterou de maneira importante a maneira do Palmeiras atacar e preencher o meio-campo.

E nem entrou no jogo, o que demonstra que o treinador acredita que ele precisa passar mesmo por um perído de amadurecimento. 

Foi uma alteração inesperada que deixou o time de Abel muito mais compacto, intenso, vibrante. O talentoso menino de 16 anos precisava mesmo sair, porque estava irritadiço demais e jogando cada vez menos, já o treinador insistia com ele no meio, atuando entre os zagueiros, como não rende.

Abel soube explorar o fato de o São Bernardo, de Zanardi, se defender com três zagueiros, formando uma linha de cinco. Ganhou a intermediária, atuando com Gabriel Menino, Zé Rafael, Tabata e Raphael Veiga, com Dudu aberto na esquerda e Rony onde rende mais, como falso e veloz centroavante.

Tabata fez sua melhor partida, desde que foi contratado. Canhoto, jogou pela direita, surpreendendo Arthur Henrique e Rafael Vaz, desesperado, e lento, na cobertura.

O São Bernardo, dono da segunda melhor campanha, mostrou coragem, mas não tinha força técnica de seus jogadores para encararem os palmeirenses. As linhas estavam adiantadas, mas Abel foi muito inteligente na conquista das intermediárias.

Rony entrou de maneira fulminante entre a zaga. Ele é o jogador ideal para atuar como falso centroavante

Rony entrou de maneira fulminante entre a zaga. Ele é o jogador ideal para atuar como falso centroavante

César Grego/Palmeiras

O ambiente psicológico estava todo para o lado do Palmeiras, com o estádio lotado, 35 mil torcedores mostravam o quanto é importante ter a melhor campanha, para jogar em casa.

O Palmeiras foi muito melhor, com dois meias.

E conseguiu o gol de forma previsível e dificílimo de marcar.

Gabriel Menino descobriu Rony, 1m66, entre os zagueiros e cabeceou forte, fulminando o goleiro Alex Alves, aos 41 minutos do primeiro tempo.

O São Bernardo sofreu muito por não ter Vitinho, seu mais talentoso jogador, contundido. E o trombador artilheiro João Carlos.

"Acredito que a nossa equipe está acostumada a disputar decisão. Estávamos jogando com a segunda melhor equipe da competição, somos experientes, acredito que vale ressaltar a nossa equipe porque soube sofrer. Jogo difícil, de detalhes, entrega e determinação. Esse é o nosso espírito, soubemos sofrer", destacou Rony, lembrando o forte ritmo imposto pelo São Bernardo, dono da segunda melhor campanha do Paulista. E que não se acovardou, comprou a briga no Allianz.

O time do ABC conseguiu criar três chances reais nos contragolpes.

No segundo tempo, o Palmeiras melhorou.

Mas tinha pontos fracos.

Abel Ferreira surpreendeu Zanardi com a escalação de Tabata no lugar de Endrick
Abel Ferreira surpreendeu Zanardi com a escalação de Tabata no lugar de Endrick César Grego/Palmeiras

Gabriel Menino auxiliava muito bem o lado direito do ataque, mas deixava muito espaço atrás. Weverton e os zagueiros conseguiam compensar, mas sofriam.

A falta de um substituto de Danilo, volante de grande marcação é evidente.

Mas mesmo assim, o Palmeiras conseguiu controlar o difícil jogo e chegar à semifinal.

Com toda confiança e justiça...

Pacaembu terá grama sintética, e reinauguração está prevista para janeiro de 2024; veja fotos

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas