Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Mesmo com a morte do pai na terça-feira, Pablo Maia quer jogar amanhã contra o Palmeiras. Decisão será dele e de Dorival

Situação imprevisível e que mexeu com o elenco do São Paulo. O pai de Pablo Maia morreu ontem, em Poços de Caldas. Técnico e direção o dispensaram da concentração e do jogo. Mas ele quer jogar contra o Palmeiras

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Pablo Maia perdeu o pai na terça-feira. Decisão de atuar ou não amanhã é dele. Conselheiros garantem: quer jogar
Pablo Maia perdeu o pai na terça-feira. Decisão de atuar ou não amanhã é dele. Conselheiros garantem: quer jogar

São Paulo, Brasil

A direção do São Paulo e o técnico Dorival Júnior deixaram a decisão para Pablo Maia.

Na véspera do jogo mais importante do ano para o clube do Morumbi, o volante, titular absoluto e atleta que mais recebe sondagens do exterior, teve a pior das notícias.

Seu pai, Roberto Fortunato, de 61 anos, não resistiu a um câncer. E faleceu. 

Publicidade

Ele estava internado em Poços de Caldas e morreu na terça-feira.

Pablo Maia deixou a concentração para o clássico de amanhã, contra o Palmeiras, e foi para a cidade mineira, assim que soube do que ocorreu.

Publicidade

Dorival Júnior e os jogadores o consolaram.

O técnico, muito humano, fez questão de dizer que ele estava liberado da partida. Que se preocupasse apenas com sua família, com o sepultamento.

Publicidade

Maia sabe que seria peça fundamental para amanhã.

O jogo no Allianz vale a classificação para a semifinal da Copa do Brasil.

Sua atuação no primeiro jogo, no Morumbi, quando anulou Raphael Veiga, foi fundamental no triunfo.

Dorival testou o equatoriano Méndez no lugar do titular.

E está trabalhando como se não fosse mesmo contar com Pablo Maia.

Só que conselheiros ligados ao presidente Julio Casares garantem que o jogador de 21 anos quer atuar.

O enterro foi hoje.

Pablo Maia postou agradecimento ao pai nas redes sociais. Ele era seu maior incentivador
Pablo Maia postou agradecimento ao pai nas redes sociais. Ele era seu maior incentivador

Seu pai foi o grande incentivador de sua carreira.

Seria até uma homenagem a ele.

A situação não dependerá só de Pablo.

Caso ele se coloque mesmo à disposição para a partida, Dorival Júnior pretende ter uma longa conversa com o volante.

Para sentir se psicologicamente ele estará pronto para o confronto.

A triste notícia do falecimento de Roberto Fortunato mexeu com o ambiente no São Paulo.

Além de o clima de pesar, uniu ainda mais o elenco, pronto para acolher Pablo Maia.

A decisão de se unir ou não aos companheiros para a decisão será do jovem meio-campista.

Nem Dorival nem a presidência pedirão ao volante para jogar.

Apenas mantêm a esperança de tê-lo em campo...

Confira sete craques dispensados pelo São Paulo que teriam rendido milhões ao clube

" gallery_id="64a84e2e19d22437a70008cc" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/pablo-maia-palmeiras-morte-pai-12072023"]

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.