Neymar usa a cabeça para expor chuteiras de R$ 1.299,90. É um gênio

Cuecas, troca de chuteiras, cabeça. Não há limites para o garoto-propaganda

Getty

R$ 1.299,90. 

Este é o preço da chuteira Nike Mercurial.

Ela tem o singelo slogan Neymar Júnior: puro fenômeno. 

O mundo moderno teve uma lição de marketing básica, primária e mais do que competente. Ao marcar seu 20º gol em 22 partidas pelos Paris Saint Germain, ontem, contra o Amiens, o brasileiro aproveitou que todas as câmeras estavam voltadas para ele. E colocou o pé direito de sua chuteira na cabeça.

Gesto simples, mas que apareceu em todos os portais, televisões, jornais do planeta. Uma absurda propaganda 'espontânea' para a Nike. Para sua chuteira. Mas que nenhum diretor de imagem de qualque emissora conseguiu fugir. De graça, a fábrica de material esportivo expôs um dos seus produtos mais caros, sem pagar um centavo.

"O Neymar é um gênio da propaganda. Quando ele cai, amarra as chuteiras, abaixa o calção, mostra a cueca, seus patrocinadores vibram. Não há como as câmeras não mostrarem. Ele aprendeu com o Ronaldo, que aprendeu com o Romário. Mas Neymar foi além", a análise, precisa, sobre o jogador foi feita antes da Copa no Brasil, em 2014, pelo mestre da publicidade, Washington Olivetto, ganhador de mais de 50 troféus, leões, no festival de Cannes, o mais prestigiado do mundo.

Neymar é o mais dedicado garoto-propaganda que a Nike jamais teve
Neymar é o mais dedicado garoto-propaganda que a Nike jamais teve Divulgação

Romário perto de Romário foi um ingênuo. Ele aprendeu que teria mais atenção dos fotógrafos e cinegrafistas se fosse o último a entrar para os jogos e treinos. Nos treinamentos fazia questão de vestir uma peça de roupa diferente dos companheiros. Se eles estivessem com camisetas curtas, entrava com uma longa. Ou usando bandana. Adorava pelo ego. Não teve tempo para tirar proveito.

O máximo que fez, foi na Copa de 1994. Quando a Nike conseguiu convencê-lo a usar sua chuteira "Tiempo". A marca enfrentava a Adidas, que com João Havelange, tinha todos os privilégios nos Mundiais. A Fifa só não tinha como controlar os jogadores individualmente.

O contrato de Romário foi curto.

Ao contrário do atleta que começou a carreira o imitando em todos os gestos: Ronaldo Fenômeno. Logo seu talento absurdo foi capturado pela Nike, que assinou com ele um contrato vitalício. Até a morte, ele segue recebendo da empresa. Lógico, que com o fim de sua carreira, recebe muito menos.

Ronaldo, orientado por seu assessor de imprensa, Rodrigo Paiva, foi o garoto propaganda ideal para a fabricante de material esportivo. Esteve em todos os eventos possíveis e até nas suas baladas, o logotipo era visto.

Ronaldo foi quem começou a fazer de tudo para mostrar as chuteiras Nike
Ronaldo foi quem começou a fazer de tudo para mostrar as chuteiras Nike Getty

Só que Neymar foi muito além de seu mestre Ronaldo. 

Ele é abusado.

Cansou de, quando recebia faltas fortes, rolar no gramado, como se estivesse à beira da morte. Com a certeza de todas as câmeras fixadas nele, subitamente, o jogador resolvia trocar de chuteiras. Sim. Pedia e o massagista vinha correndo trazendo novo par de chuteiras Nikes. E metodicamente ele amarrrava cada pé. A cena consumia, 45 segundos, um minuto. De pura exposição da marca, queira nos jogos da Seleção Brasileira, do Santos, do Barcelona.

Só quando a imprensa europeia passou a criticá-lo pelo exagero, ele parou. Mas inventou nova moda, que quase fazia desmaiar de alegria os proprietários da Lupo. Assim que recebia uma falta dura, Neymar baixava o calção. O suficiente para deixar à mostra o logotipo da empresa brasileira, que o patrocinou por quatro anos, de 2012 a 2016. Câmeras e fotógrafos caiam neste novo truque. E exibiam orgulhosos, o 'flagrante'.

E ontem, Neymar conseguiu ser ainda mais genial. Usando como desculpa a decisão de homenagear um amigo, um dos seus 'parças', equilibrou a chuteira de R$ 1.299,90 na cabeça, ao marcar contra o Amiens.

As cuecas da Lupo nunca tiveram tanta publicidade
As cuecas da Lupo nunca tiveram tanta publicidade Getty

A foto, lógico, está no seu instagram. Com 1.914.914 curtidas até agora, 10h23 desta manhã de quinta-feira. Neymar tem 87 milhões de seguidores no Instagram. Quem entrar no Instagram oficial de futebol da Nike, encontrará as chuteiras penduradas no pesçoco de Neymar. A empresa tem 31 milhões de seguidores.

Olivetto tem toda a razão.

Neymar é um gênio...