Neymar, sem camisa, na balada, após derrota na Champions. Vexame

Quem falou que Neymar precisa de Carnaval para polêmica? Festa após a derrota do PSG na Champios envergonha  técnico e o clube francês

Neymar, festa sem camisa Neymar, Neymar PSG, Neymar não vem para o Carnaval, Neymar 400 gols

Neymar na farra, logo depois da derrota do PSG na Champions. Constrangedor

Neymar na farra, logo depois da derrota do PSG na Champions. Constrangedor

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

"É com imensa felicidade que estarei desfalcando o Carnaval de 2020.

"É isso mesmo.

"Dessa vez, não terá polêmica.

"Ha, ha (riso forçado.)

"Bom carnaval...

Neymar, irônico, postou ontem um vídeo nas suas redes sociais, afirmando que, depois de cinco anos seguidos, não viria para o carnaval no Brasil.

Apostou que não haveria polêmica.

Perdeu feio.

Porque, com seu comportamento desenfreado fora dos gramados, não necessita da festa pagã para provar um clima ruim, tenso, de cobrança, de irresponsabilidade, insensibilidade e, principalmente, falta de consideração ao PSG.

O sábado de Carnaval começa com críticas pesadas a Neymar pelo seu comportamento na festa de aniversário de Icardi, Di María e Cavani, na quinta-feira.

O brasileiro foi o comandante de uma farra inesquecível.

Com direito a ele, Cavani e Navas dançarem pulando felizes, empolgadíssimos.

Sem camisa.

"É assim que se ganha a Champions", gritava Navas.

Dançaram sem se importar que estivessem que celulares registrassem a bizarra cena em vídeo.

A cena provocou revolta dos torcedores, da imprensa, da diretoria e do técnico do PSG, Tomas Tuchel.

Nem parece que 48 horas antes, o time havia perdido jogo fundamental

Nem parece que 48 horas antes, o time havia perdido jogo fundamental

Reprodução/Twitter

Pelo simples motivo que o time havia sido derrotado na terça-feira diante do Borussia Dortmundo, na primeira partida das oitavas-de-final da Champions League, competição que o clube jamais venceu. E tem obsessão.

Os atletas agiram como se nada de importante tivesse acontecido.

É constrangedor.

"Conversamos internamente e é como isso vai ficar. Eu não vou parar de dar minha opinião, ou minha sensação com esse elenco. Porém, eu não posso dar conselhos ao clube. Não é o meu papel.

"Nós não estamos felizes com as imagens dessa festa", desabafou o treinador, que está cada vez mais exposto, com a postura debochada, sem comprometimento de Neymar, que está contaminando o restante do time.

"Foi um erro publicar as imagens daquele jeito. Temos noção disso. Era um aniversário, estava planejado antes da partida (contra o Dortmund). Não está relacionado com o que aconteceu. Não foi falta de respeito com os torcedores", disse, sem convicção alguma, Marquinhos.

O L'Equipe vai direto no ponto. "Vergonha para o PSG"

O L'Equipe vai direto no ponto. "Vergonha para o PSG"

Reprodução/L'Equipe

"Porque o vídeo da festa envergonha o PSG?", pergunta o influente jornal francês L'Equipe.

Na matéria, os jogadores são muito criticados com a falta de comprometimento com o clube.

Na coletiva de hoje, Tuchel foi pressionado pelos jornalistas.

Eles já enxergam que o treinador não tem controle sobre os jogadores. E que o diretor esportivo, Leonardo, não o apoia, devido à falta comando sobre o time fora dos gramados.

Está nítida a falta de respeito dos jogadores pelo PSG e por Tuchel.

Jornalistas franceses insistem que Neymar está sempre nestas farras.

E podem estar influenciando o elenco.

Ou seja, em pleno sábado de Carnavalo, o atacante é alvo de polêmica grave, mesmo estando na Europa, bem longe do Brasil.

Amanhã, o PSG enfrenta o Lyon.

Neymar tem 398 gols na carreira.

O mundo poderia estar falando da perspectiva de chegar a 400 gols, um feito.

Mas, não.

Ele está nas manchetes dos veículos de comunicação como protagonista de mais uma farra.

Que constrange o PSG.

E expõe seu treinador, Tomas Tuchel.

Assim é Neymar, aos 28 anos.

Jogador que Tite quer capitão da Seleção...

Neymar, Mbappé e companhia na festa de Cavani, Icardi e Di Maria