Cosme Rímoli Neymar: 'Enquanto estiver jogando, o PSG chega na semi da Champions'

Neymar: 'Enquanto estiver jogando, o PSG chega na semi da Champions'

Craque comemora a classificação do PSG para a semi. Derrubando o favorito Bayern de Munique. Ele teve atuação excelente

  • Cosme Rímoli | Do R7

Neymar. Três bolas nas trave. Partida excelente e ainda humilhou Kimmich

Neymar. Três bolas nas trave. Partida excelente e ainda humilhou Kimmich

IAN LANGSDON/EFE 13.04.21

São Paulo, Brasil

Três bolas na trave de Neuer.

Tomou pontapés, empurrões, carrinhos.

Calado, sem reclamar.

Se conteve, pendurado, e não tomou cartão amarelo, que o suspenderia.

Driblou, tabelou, lançou.

Marcou, correu, cobriu Diallo.

Deu ótimos passes para Mbappé.

Neymar mostrou sua importância no cenário do futebol mundial.

Nos dois jogos que o PSG conseguiu a façanha de eliminar o Bayern de Munique da Champions League, o brasileiro impôs seu talento.

Dando duas assistências fundamentais na vitória dos franceses por 3 a 2, na Alemanha. 

E, hoje, foi o principal jogador, em Paris, na derrota por 1 a 0, mas que classificou seu time para a semifinal da maior competição de clubes do mundo.

No caminho de completar 30 anos, Neymar viveu mais um grande momento de consciência, na sua maravilhosa carreira, estragada por recaídas egocêntricas de adulto infantilizado, mimado.

Ele está na capa de portais de todo o planeta.

Valorizado.

A imprensa francesa, que tem razões de sobra para não dar tratamento especial a Neymar, já que ele participou só de metade das partidas do PSG, muitas ausências provocadas por ele mesmo, como suspensões estúpidas.

Mas hoje se sente obrigada a reverenciá-lo.

Ele ganhou o prêmio de melhor em campo, na partida que marcou a revanche de final da Champions de 2020.

A festa do PSG, no vestiário, pela classificação para a semifinal da Champions

A festa do PSG, no vestiário, pela classificação para a semifinal da Champions

PSG

A raiva contida foi descontada em Kimmich.

O alemão que ousou garantir ontem que o Bayern se classificaria.

"Estou convencido de que vamos passar, porque somos a melhor equipe."

Neymar não falou nada.

Apenas se aproveitou que Paredes estava perto dele e do alemão.

E gritou, o mais alto que pôde, batendo seu peito no peito do argentino.

A 30 centímetros de Kimmich.

Para ironizá-lo.

E, evidente, não o cumprimentou.

"Pior que não fui nem comemorar como provocação a ele. Comemorei mais com o Leo (Paredes), vi na minha frente e comemorei com ele. Pelo destino foi na frente do Kimmich, que falou que o time dele era melhor e iria passar. Que estava garantido na semifinal", disse.

Neymar. Prêmio de melhor em campo, hoje, contra o Bayern. Três bolas nas traves alemãs

Neymar. Prêmio de melhor em campo, hoje, contra o Bayern. Três bolas nas traves alemãs

UEFA

Mas havia ainda quem merecia mais vingança de Neymar.

A imprensa francesa.

"Pode ficar tranquilo. Enquanto eu estiver em campo, o Paris Saint-Germain, no mínimo na semifinal (da Champions League) está garantido", disse ao canal francês RMC.

Neymar foi contratado como o jogador mais caro do mundo em 2017.

Custou 222 milhões de euros, cerca de R$ 1,5 bilhão.

O objetivo sempre foi a conquista da Champions.

Contusão e suspensão já o tiraram de jogos que custaram eliminações do PSG.

Foi vice-campeão em 2020.

E agora, está na semifinal da desejada competição.

Eliminando o Bayern, que dominou os dois jogos contra o PSG.

O que fez Neymar seguir o caminho machista de Renato Gaúcho.

"Diz o ditado."

"Você pode ter a posse de bola que for, cantar a mulher a noite inteira."

"Mas em cinco minutos vem um cara e fica com a mulher..."

Trave para Neymar, PSG perde do Bayern, mas se classifica à semifinal

Últimas