Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

'Não vou pedir demissão. O Flamengo foi o melhor de todos. Perdeu a Copa do Brasil injustamente.' Jorge Sampaoli

Jorge Sampaoli deu o vexame final nesta Copa do Brasil, ao não receber a medalha de vice-campeão. Pressão para a demissão do argentino é enorme. O problema está na multa: R$ 15,7 milhões

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Pressão imensa pela demissão imediata de Sampaoli. 'Eu não peço demissão', avisa o argentino
Pressão imensa pela demissão imediata de Sampaoli. 'Eu não peço demissão', avisa o argentino

São Paulo, Brasil

Constrangedora a última atitude de Jorge Sampaoli na Copa do Brasil de 2023.

O treinador simplesmente não foi receber a sua medalha de vice-campeão.

Ele deu a tosca desculpa de ter esquecido que ela seria entregue.

Publicidade

Não "se lembrou" porque não ficou no gramado do Morumbi.

Não teve a dignidade de consolar muitos dos seus jogadores, que choravam a perda do título, com o empate para o São Paulo. 

Publicidade

O treinador argentino sabe que mantém um relacionamento frio, distante dos seus atletas. 

Já não bastasse ser assim, a sua postura neutra no soco que seu preparador físico Pablo Fernández deu na boca de Pedro, pesou demais nessa frieza.

2024 se desenha na Gávea sem o problemático técnico.

A pergunta: ele seguirá comandando o clube até o fim do Brasileiro? Dependerá apenas do presidente Rodolfo Landim.

Porque Sampaoli já decidiu que não pedirá demissão.

A multa do treinador do Flamengo, de acordo com setoristas do clube, é de 3 milhões de euros, cerca de R$ 15,7 milhões. Seu contrato vai até dezembro de 2024. 

Mesmo sabendo dos insistentes comentários de que Tite e Jorge Jesus, caso este seja demitido na Arábia, são apontados como os candidatos mais fortes para sucedê-lo no próximo ano, Sampaoli faz de conta que não sabe de nada.

E só tem uma garantia aos torcedores do Flamengo.

Não pedirá demissão.

"Não penso nisso [pedir demissão]. Essa avaliação tem que ser do presidente do clube. Sei que cheguei em um clube em crise, que tinha perdido quatro finais.

"Complicado na Copa do Brasil porque havia perdido contra o Maringá e também contra o Aucas na Libertadores.

"Tentamos nesses cinco meses para trocar essa realidade.

"Sem dúvida não aconteceu o que queria, mas, nesses cinco meses, dediquei 24 horas por dia para mudar essa realidade. Mas diferencio muito Libertadores e Brasileiro desta Copa do Brasil. Para mim, Flamengo perdeu a Copa do Brasil injustamente."

O treinador deu sua definição para o "injustamente".

"Eu acho que o jogo foi favorável ao Flamengo. Nos quatro tempos, três foram para Flamengo."

Nesta Copa, Flamengo foi melhor que todos os rivais.

"Mas isso é futebol.

"O São Paulo fez um gol no final do primeiro tempo, onde não havia tentado nada. No segundo tempo o time foi buscar, um jogo muito picotado pelo árbitro, muito picotado. Para mim, o time foi melhor que o São Paulo e não pôde ganhar", resumiu, tentando tirar sua responsabilidade na frustração de hoje. 

Sim, Sampaoli acredita que o Flamengo foi melhor. 

Mas não é o que pensa a mídia carioca, que pressiona a direção flamenguista pela demissão do treinador.

A eliminação nas oitavas da Libertadores, a inconstante campanha no Brasileiro e a perda do título hoje são as justificativas.

Além de nenhuma cumplicidade com os atletas.

O treinador ficou irritado quando foi questionado sobre por que não consolou seus jogadores, depois da perda da Copa do Brasil de 2023.

"Dei parabéns a cada jogador que chegou do jogo [no vestiário], porque para mim deram tudo que podiam. Não tenho que mostrar como eu me vinculo aos jogadores."

Sampaoli garantiu que, se ficar, vai buscar a regularidade para a equipe. Algo que não conseguiu, desde que foi contratado, em abril. Há cinco meses.

"Estou convencido disso. A regularidade, comigo, o time não teve. Por isso, falava que o time teve picos. Mas os jogos que marcaram este time, que foram as eliminações de Libertadores e alguns jogos do Brasileiro no Maracanã, que a gente não esperava...

"Mas esta Copa, sinceramente, seguramente a análise será vinculada a isso anterior para gerar muito mais críticas e mais pressão normalmente. Mas esta Copa o Flamengo perdeu injustamente."

O presidente Rodolfo Landim havia programado um período de férias a partir do dia 28, próxima quinta-feira.

Mas ninguém quis confirmar no clube se ele vai manter a programação.

Por conta do fracasso na decisão da Copa do Brasil.

A pressão pela demissão imediata de Sampaoli é enorme...

São Paulo campeão! Tricolor vence o Flamengo e conquista a inédita Copa do Brasil; veja fotos

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.