Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Minha confiança está voltando.' Exclusivo. Yuri Alberto assume. Está pronto para ser o artilheiro que o Corinthians precisa

Yuri Alberto está recuperando o que havia perdido: a confiança. E está voltando a ser o artilheiro que empolgava no Santos, no Internacional. Chegada de António Oliveira é fundamental para reencontro do futebol objetivo

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Yuri Alberto confirmou ao blog. Se sente muito mais confiante. A chegada de António Oliveira foi fundamental
Yuri Alberto confirmou ao blog. Se sente muito mais confiante. A chegada de António Oliveira foi fundamental Yuri Alberto confirmou ao blog. Se sente muito mais confiante. A chegada de António Oliveira foi fundamental (Corinthians)

São Paulo, Brasil

"Minha confiança está voltando."

Esta foi a mensagem que Yuri Alberto mandou para o blog, ontem à noite.

Com o apoio principalmente de António Oliveira, o jogador de 22 anos nunca esteve tão animado desde a sua chegada ao Corinthians, em janeiro de 2023.

Continua após a publicidade

O artilheiro, que fez tanto sucesso desde as categorias de base do Santos, apontado como atacante excelente, do nível de Rodrygo, vivia um momento péssimo no Corinthians.

Tanto Sylvinho, Vitor Pereira, Fernando Lázaro quanto Vanderlei Luxemburgo, Cuca e, principalmente, Mano Menezes, o escalaram onde Yuri Alberto não rende: de costas para o gol, atuando como pivô.

Continua após a publicidade

Sua principal característica, desde os tempos de Vila Belmiro, foi atuar pelos lados do campo, com liberdade. Não preso entre os zagueiros adversários.

Mesmo assim, atuando 'sacrificado', ele completou 100 partidas pelo Corinthians, marcando 30 gols. Dando 10 assistências.

Continua após a publicidade

Ou seja, participação em 40 gols, em um período que o clube não conseguiu armar grandes equipes. Muito pelo contrário. Montou times que namoraram o rebaixamento.

Ficou evidente que a confiança do jogador foi se esvaindo.

Potencial nunca faltou porque o Internacional não se envolveu à toa em uma briga política com o Santos para ter o jogador.

E nem o Zenit pagaria 25 milhões de euros, cerca de R$ 133 milhões, para ter o jogador. 

O Corinthians teve de dar Roberto Renan, Du Queiroz, Ivan e Gustavo Mantuan para ter o atleta.

Os fracos times formados no Parque São Jorge fizeram que o atacante estivesse cada vez mais pressionado.

E o apoio foi pouco.

Principalmente de Mano Menezes.

Quanto o técnico perguntou diante das câmeras, na derrota contra o São Bernardo, se o atacante era 'burro'.

Yuri Alberto ficou muito magoado.

Mas sua família ficou mais.

Os companheiros de time ficaram revoltados.

A direção percebeu que Mano Menezes perdera o comando do grupo.

A chegada de António Oliveira foi um presente para Yuri Alberto.

Oliveira foi auxiliar de Jesualdo Ferreira, no Santos, e ambos tiveram excelente relacionamento.

Yuri Alberto ganhou mais liberdade para se movimentar.

Principalmente para os lados de campo, que tanto adora.

Daí a volta dos seus gols.

Nas últimas três partidas no Paulista, ele marcou.

E se tornou o quarto artilheiro no mundo entre os jogadores sub-23.

O primeiro é Haaland, com 228, depois, Vinicius Junior, 90. Foden tem 75 e Yuri Alberto, desde que se tornou profissional.

"O Yuri é um grande jogador do futebol mundial. Sou fãnzaço dele. Qualquer equipe do mundo gostaria de ter o Yuri, vamos tentar resgatá-lo. É um jogador comprometido, inteligente, e hoje foi feliz. Merece ser feliz e vai seguir sendo feliz", resumiu o treinador.

A reação de Yuri Alberto foi excelente.

Marcou em três partidas seguidas, desde a chegada do técnico português.

Contra o Palmeiras, ele sofreu uma entrada violenta do zagueiro Murilo.

Ele sofreu uma fissura em uma das costelas. A princípio ele ficaria até um mês longe dos gramados.

Mas, por sorte, a fissura não deslocou os ossos, que seguiram 'encaixados'.

Isso permitiu a recuperação em tempo recorde.

E há muita chance dele atuar no domingo, na partida fundamental para sobrevivência no Paulista, contra a Ponte Preta, em Itaquera.

Do lado psicológico, Yuri Alberto está recuperado, após a traumática passagem de Mano Menezes.

A resposta ao blog é mais do que animadora.

Tudo que ele precisava era de apoio.

E esse respaldo psicológico chegou com António Oliveira...

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.