Cosme Rímoli Medo. Rejeição do elenco. Motivos para Danilo Avelar aceitar sair

Medo. Rejeição do elenco. Motivos para Danilo Avelar aceitar sair

O jogador de 32 anos acatou a decisão do Corinthians, de rescindir seu contrato após ato racista. Por ameaças de torcedores a ele e à sua família, se seguisse no clube. E falta de apoio dos colegas

  • Cosme Rímoli | Do R7

Danilo Avelar acabou entendendo que o melhor era sair do Corinthians

Danilo Avelar acabou entendendo que o melhor era sair do Corinthians

Agência Corinthians

São Paulo, Brasil

Embora o Sindicato dos Jogadores Profissionais de São Paulo tenha oferecido os serviços do seu departamento jurídico, se Danilo Avelar quisesse lutar para reverter a rescisão do contrato com o Corinthians, o atleta não vai brigar contra a decisão do Corinthians. 

O clube decidiu pelo fim do vínculo pela atitude racista do atleta. Que procurou ofender um competidor em partida online. 

"Filho de uma rapariga preta", escrever o lateral/zagueiro de 32 anos.

Os motivos pelos quais Danilo Avelar não procura ficar, de qualquer jeito, no Corinthians, é que compreendeu que dois motivos são intransponíveis.

O primeiro é a sua segurança e de seus familiares.

Ele tem recebido ameaças nas redes sociais desde que postou a frase racista. Mesmo torcedores corintianos não o tem poupado. As torcidas organizadas do clube exigem que nunca mais vista a camisa do clube.

A própria direção do clube, que tem apreço pelo atleta, confirmou que não teria como oferecer proteção ao jogador e sua família 24 horas por dia. 

Mas algo fundamental também aconteceu.

O elenco corintiano ficou contra o jogador.

No clube há vários atletas negros. Inclusive com quem Danilo Avelar sempre se deu bem. Como Gil e Jô, por exemplo. 

Mas a reação do elenco, como um todo, foi muito negativa à postura do jogador.

Não haveria ambiente para ele seguir no Corinthians.

A ofensa que custou a Danilo Avelar contrato de R$ 350 mil por mês no Corinthians

A ofensa que custou a Danilo Avelar contrato de R$ 350 mil por mês no Corinthians

Reprodução/Twiiter

Danilo era muito querido no Parque São Jorge.

O clube estava até gravando um documentário sobre sua recuperação da operação nos ligamentos cruzados do joelho direito.

Equipe de filmagem o acompanhava desde a operação, até o sofrido caminho de retorno aos gramados. Ele estava para voltar a jogar no próximo mês.

Mas as filmagens foram canceladas, desde ontem.

Não haverá mais documentário algum sobre Danilo Avelar.

Os detalhes da rescisão estão sendo finalizados.

O defensor recebia R$ 350 mil por mês.

A decisão de sua saída trouxe alívio ao Parque São Jorge...

Craque do City pede noiva em casamento com anel de R$ 2,7 mi

Últimas