Cosme Rímoli Máquina de fazer dinheiro, Galvão Bueno consegue reviravolta. Aos 71 anos, mais dois anos de contrato com a Globo

Máquina de fazer dinheiro, Galvão Bueno consegue reviravolta. Aos 71 anos, mais dois anos de contrato com a Globo

A emissora carioca percebeu a pressão dos patrocinadores. E que perderia dinheiro se confirmasse a aposentadoria forçada de Galvão Bueno. Voltou atrás. Ele fica até a Olimpíada de Paris, em 2024

  • Cosme Rímoli | Do R7

Máquina de fazer dinheiro,Galvão ficará mais dois anos na Globo

Máquina de fazer dinheiro,Galvão ficará mais dois anos na Globo

Divulgação

São Paulo, Brasil

Dinheiro, muito dinheiro dos patrocinadores.

Esse foi o fator de incrível reviravolta.

A nova cúpula de comando da Globo teve de se render.

E conter a sede de renovação, de mandar seus contratados mais antigos, de maiores salários, e os substituir por novos.

Pelo menos com Galvão Bueno.

João Roberto Marinho e Paulo Marinho tiveram de voltar atrás, na decisão de acabar o vínculo com o maior narrador da história da emissora.

Os descendentes de Roberto Marinho, que defendia a saída sumária de funcionários aos 60 anos, cederam ao potencial arrecadador do profissional de 71 anos.

Perceberam a máquina de fazer dinheiro que Galvão Bueno é. Ao ter liberdade para participar de publicidade, o narrador tem feito propaganda de tudo. Casa de apostas, Tik Tok, posto de gasolina, banco, empresa de bebidas. E há outras ações articuladas para a Copa do Mundo.

A Globo não tem ninguém com essa característica na área esportiva. E nem entre suas vozes mais consagradas.

Willian Bonner, equivalente a Galvão, não aceita fazer publicidade.

Pedro Bial e Tadeu Schmidt não despertaram tanta a atenção das empresas, como se esperava.

A solução encontrada pelos Marinho, diante das dificuldades normais de um narrador de 71 anos, que não tem mais a potência da voz para transmitir jogos de futebol, está em oficializar o que Galvão Bueno já é.

Um apresentador e comentarista de eventos.

Galvão Bueno nunca ganhou tanto dinheiro, mesmo com o salário diminuído na Globo

Galvão Bueno nunca ganhou tanto dinheiro, mesmo com o salário diminuído na Globo

Divulgação

O contrato oferecido, como revelou o site noticiasdatv, é de dois anos. Com o foco na Olimpíada de Paris. Que, talvez, seja o último evento esportivo com o envolvimento de Galvão Bueno.

Mas para a renovação, a Globo, que passa por sérias dificuldades financeiras, decidiu liberar Galvão. Ele irá tocar normalmente os projetos que tinha para a Internet com a Play 9. Por isso seu salário não será astronômico, como era no passado.

Galvão também não queria perder a visibilidade da Globo. E aceitou os dois 'últimos' anos de contrato que foram oferecidos no início deste mês.

A emissora carioca pretende resgatar Tiago Leifert para o esporte. Ele é visto com potencial para se tornar o sucessor de Galvão Bueno. Principalmente no lado comercial. Sua imagem é muito bem aceita pelos patrocinadores.

Quanto ao futebol, Luis Roberto deverá seguir, por enquanto, como o principal narrador da emissora, assumindo a Seleção Brasileira, no lugar de Galvão.

Mas Tiago Leifert será testado para valer no futebol.

Ele já trabalhará no streaming da emissora no Mundial.

A direção da Globo percebeu que estava perdendo o seu principal nome para os patrocinadores de esportes

A direção da Globo percebeu que estava perdendo o seu principal nome para os patrocinadores de esportes

Divulgação

Essa é a sexta vez que a despedida de Galvão Bueno é anunciada e cancelada.

A enorme dificuldade em substituir a principal voz de esporte da emissora carioca é uma realidade.

E agora, que ele provou ser um captador de dinheiro, maior do que a cúpula da Globo avaliava, seria um desperdício forçar sua saída. Porque ele sempre quis continuar trabalhando.

Com Galvão há a certeza de que os patrocinadores da Olimpíada de 2024 estarão presentes.

O documentário de despedida do narrador seguirá sendo gravado. Mas sem a intensidade, sem o ritmo alucinado, apressado. Porque não há a certeza de que será lançado logo após a Copa do Mundo do Catar.

Globo aposta na popularidade de Tiago Leifert como futuro substituto de Galvão Bueno

Globo aposta na popularidade de Tiago Leifert como futuro substituto de Galvão Bueno

Reprodução/Instagram

Não há mais essa pressa.

A Globo teve de se render ao seu maior captador de dinheiro.

E o narrador ganhou nova sobrevida.

Deverá seguir trabalhando até os 73 anos.

Ou até mais.

Como o cantor Silvio Caldas, nem ele mesmo sabe quando vai parar.

Seu poder de captar dinheiro mudou o destino de Galvão Bueno...

Café árabe e doces de boas-vindas: veja curiosidades do país-sede da Copa 2022

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas