Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Luxa não pedirá demissão, mesmo acumulando nove derrotas em 17 jogos. Só sairá do Corinthians demitido. Organizadas protestarão

Técnico, de 71 anos, tenta demonstrar entusiasmo após a derrota para o limitado América, penúltimo do Brasileiro. Derrota por 1 a 0, ontem, obriga o clube a vencer por 2 a 0 em Itaquera para chegar à semi da Copa do Brasil

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Comando de Luxemburgo continua em queda livre. Em 17 jogos, 9 derrotas, 4 empates e 4 vitórias
Comando de Luxemburgo continua em queda livre. Em 17 jogos, 9 derrotas, 4 empates e 4 vitórias Comando de Luxemburgo continua em queda livre. Em 17 jogos, 9 derrotas, 4 empates e 4 vitórias

São Paulo, Brasil

17 partidas, 9 derrotas, 4 empates e 4 vitórias.

13 gols a favor, 19 gols contra.

31,3% de aproveitamento.

Publicidade

Um dos piores inícios de trabalho de um treinador na história do Corinthians.

Mas a diretoria continua apoiando Vanderlei Luxemburgo.

Publicidade

Mesmo pressionada pelas organizadas e pelos conselheiros.

Ele garantiu ao presidente Duilio que não pedirá demissão.

Publicidade

De jeito nenhum.

O técnico, de 71 anos, tenta mostrar entusiasmo, mesmo colecionando fracassos.

Publicidade

Foi assim no começo desta madrugada.

Ele se mostrava feliz com o desempenho do time, que perdeu mais uma vez.

Para o América Mineiro, na primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil, em Belo Horizonte, por 1 a 0.

Vibrava por seu time ter dado 18 chutes a gol; 10 obrigaram o goleiro Mateus Pasinato a trabalhar muito. 

O técnico fazia de conta que não sabia que o América é o penúltimo colocado no Brasileiro: perdeu 8 de 13 jogos e tomou 29 gols, com a defesa mais vazada do torneio, e tem um elenco muito limitado, sob o comando de Vagner Mancini.

Não citava que sua equipe tomou dez chutes.

"Perdemos, mas fico feliz pela postura do time. Jogamos o time do América para trás, fomos abrindo, e a jogada foi fluindo.

"Temos treinado isso aí. Estamos evoluindo. O goleiro deles trabalhou bastante", dizia, orgulhoso.

Ele só se irritava ao falar do gol que o time tomou de Juninho, jogador de 35 anos, que deu a vitória ao América. Como tem sido uma constante, ele passou a culpa para os jogadores.

"Você não pode fazer uma falta, o cara bater rápido e a nossa defesa estar desprotegida, não pode.

"Tem que alguém ficar na po... da bola e tomar cartão.

"Você vai deixar seguir e deixar desarrumado? É a origem do que aconteceu. O cara pega, bate a bola, e o outro sai nas costas do Gil. A bola não pode sair tão rápido, tem que alguém ficar na frente, tomar amarelo, e aí a defesa fica ajustada."

Juninho comemora o gol do América. Corinthians reagiu, mas não empatou com o penúltimo do Brasileiro
Juninho comemora o gol do América. Corinthians reagiu, mas não empatou com o penúltimo do Brasileiro Juninho comemora o gol do América. Corinthians reagiu, mas não empatou com o penúltimo do Brasileiro

Luxemburgo sabe quanto está pressionado.

A cobrança de conselheiros e membros importantes das organizadas é enorme. O presidente Duilio Monteiro Alves não quer nem mais tratar do tema. Insiste que continuará com Vanderlei. 

O elenco ficará em Belo Horizonte. Porque enfrentará o Atlético Mineiro, no sábado.

O time precisa de uma vitória para não cair na zona do rebaixamento.

Renato Augusto não jogou ontem contra o América.

Ele se recupera de um edema na panturilha da perna esquerda. É a sétima contusão do jogador de 35 anos, desde que voltou ao Corinthians, em 2021.

O meia tentará atuar pelo menos um tempo no sábado.

O meia paraguaio Matías Rojas, que atuava no Racing, deverá fazer sua estreia. Aos 27 anos, ele já entendeu o difícil momento do seu novo clube e quer colaborar.

A permanência do elenco fora de São Paulo é vista pelos atletas como garantia de paz, diante dos protestos, das atitudes cada vez mais violentas das organizadas.

Como tirar Luan do Motel Caribe, espancando-o, ameaçando-o de morte se não deixar o Corinthians, na madrugada de terça-feira (4).

"Nós precisamos ter paz no futebol e na vida. Estamos muito sem paz em muitos segmentos. Vai para não sei onde, é assalto, morreu não sei quem, bala perdida, vai ao supermercado e um enforca o outro. Precisamos ter paz.

"Claro que sou contra a violência, tiveram uma atitude na Arena em que colocaram nariz [de palhaço], pacífica, faz parte. Nós precisamos mudar um pouco esse comportamento de que a violência impera em qualquer lugar, no mundo", discursou Luxemburgo.

Não foi só Luxa; os jogadores gostaram do desempenho do time contra o América, apesar da derrota.

"Buscamos o empate até o fim, e com certeza o goleiro deles foi o melhor da partida, salvou o América, como o Cássio também, em uma grande defesa. Foi um grande jogo, está aberto, vamos decidir em casa para passar para a semifinal", disse Róger Guedes, que acertou a trave e foi o jogador a dar mais trabalho à defesa do América.

Cássio estava ainda mais otimista com a possibilidade de vaga na semifinal da Copa do Brasil.

"A gente está viva para fazer um grande jogo em casa e reverter o resultado. Em outros jogos, vocês questionaram não criar chances. Hoje, nós criamos, mas, quando temos oportunidades, temos que matar.

"No meu ponto de vista, o Corinthians vai vivo, apesar da derrota. No segundo tempo, criamos, só não conseguimos fazer o gol. O goleiro deles, na minha opinião, foi o melhor em campo. Vamos vivos para a segunda partida. Temos totais condições de reverter."

Róger Guedes lutou, acertou a trave. O Corinthians dependeu dos jogadores, não do esquema tático
Róger Guedes lutou, acertou a trave. O Corinthians dependeu dos jogadores, não do esquema tático Róger Guedes lutou, acertou a trave. O Corinthians dependeu dos jogadores, não do esquema tático

Mas, mesmo em Belo Horizonte, as organizadas do Corinthians prometem protestar contra a campanha assustadora do time de Luxemburgo.

A direção decidiu reforçar a segurança dos atletas.

O clima ficou mais tenso depois das agressões a Luan.

Os jogadores e o técnico estão muito preocupados.

Uma nova derrota e o mergulho na zona do rebaixamento serão um caos.

Mas Luxa só sairá do Corinthians demitido...

Confira imagens da suíte do motel em que Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.