Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Lucas Veríssimo leva caos ao Santos. No jogo mais importante de 2020

Jogador está revoltado por presidente e até Cuca concordarem com sua venda ao Benfica. Mas Conselho Fiscal negar. A transação foi travada

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Lucas Veríssimo não quer jogar contra o Grêmio. Pode entrar na justiça para sair de graça
Lucas Veríssimo não quer jogar contra o Grêmio. Pode entrar na justiça para sair de graça

São Paulo, Brasil

1m91, ótimo cabeceador.

Técnico o suficiente para sair jogando.

25 anos.

Publicidade

Lucas Veríssimo é um dos melhores zagueiros do país.

Não por acaso. Spartak Moscow, Porto, Torino, Roma, Shandong Luneng já procuraram o clube para tentar contratá-lo.

Publicidade

Leia também

O preço mínimo estipulado pelo Santos assustou pretendentes.

6,5 milhões de euros, cerca de R$ 40 milhões.

O valor ficou inviável no mercado internacional pela pandemia.

Mas um clube em particular não desistiu do jogador. Inflada pelo treinador Jorge Jesus, a diretoria do Benfica insistiu o quanto pôde para ter o zagueiro.

E chegou à uma proposta que dois presidentes santistas aceitaram. O banido José Carlos Peres e o seu substituto, Orlando Roll

Pagaria os exigidos 6,5 milhões de euros em cinco parcelas anuais.

Só que a partir de 2022. Lucas Veríssimo jogaria por empréstimo, a partir de 2021, depois do final da temporada sul-americana, do final da Libertadores e do Brasileiro.

Só que para a venda fosse efetivada, os conselhos Fiscal e Deliberativo tinham de dar sua aprovação, já que o clube vive período de eleição. O pleito será no sábado, dia 12.

Rollo exigia, devido às dívidas do clube que chegaram a mais de R$ 538 milhões, uma antecipação desse dinheiro. Com a seguinte fórmula: o clube daria a garantia de pagamento do Benfica à uma instituição financeira belga. Ela anteciparia 3,8 milhões de euros, cerca de R$ 23,6 milhões, imediatamente.

Rollo deixou claro a Cuca e aos jogadores. Era favorável à venda de Veríssimo. Foi vencido
Rollo deixou claro a Cuca e aos jogadores. Era favorável à venda de Veríssimo. Foi vencido

O Santos abriria mão dos R$ 16,4 milhões para não ter de esperar 2025 para ter o total do dinheiro.

O Conselho Fiscal recusou duas vezes.

E a venda ao Benfica só poderá ser cogitada novamente para o Benfica, a partir do dia 1º de janeiro, quando assume o novo presidente.

Em compensação, o Conselho Fiscal liberou a transação com o Al Nassr. O clube árabe chegava aos mesmos 6,5 milhões de euros. Divididos em três parcelas.

Só que o jogador não aceitou. Ele quer atuar na Europa.

Lucas Veríssimo ficou abatido com a negativa. De acordo com jornalistas de Santos, ele teria até procurado apoio psicológico.

E já não estava disposto a atuar contra a LDU e o Palmeiras, na semana passada. Mas Cuca conseguiu convencê-lo.

O treinador, que é absolutamente favorável à venda ao Benfica e critica a postura do Conselho Fiscal, teve de ouvir novo apelo do jogador.

Em 30 minutos de reunião, Lucas Veríssimo disse que não tinha condições psicológicas para atuar amanhã, contra o Grêmio, em Porto Alegre, na primeira partida das quartas-de-final da Libertadores.

Ele é um jogador fundamental ao Santos.

Jogador está profundamente abatido, deprimido, com a negativa ao Benfica
Jogador está profundamente abatido, deprimido, com a negativa ao Benfica

Para piorar, Luiz Felipe está suspenso. A única opção para Cuca é colocar Laércio.

A diretoria santista não confirma.

Mas deve salários e direito de imagem para Lucas Veríssimo.

O medo é a possibilidade dele entrar na justiça para exigir sua liberação.

A situação tensa atrapalha o clube.

Às vésperas do jogo mais importante do ano.

Cuca ainda tentaria reverter a situação.

Fazer uma última tentativa para que Lucas Veríssimo jogue.

Mas tudo está complicadíssimo.

Até porque os jogadores tomaram partido do zagueiro.

Sabem o quanto ele quer ir para o Benfica...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Hulk está livre no mercado e clubes do Brasil e de fora querem atacante

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.