Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Depois de 11 anos, Lucas Moura volta ao São Paulo. Mas Dorival só escalará o trio midiático, com Pato e James Rodríguez, se merecer

Direção do São Paulo conseguiu convencer Lucas Moura assinar contrato até dezembro. Jogador está acertando ida para time dos Estados Unidos em janeiro de 2024. Ele, James Rodríguez e Pato estavam sem clubes

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Depois de 11 anos na Europa, Lucas Moura volta para cinco meses intensos no São Paulo
Depois de 11 anos na Europa, Lucas Moura volta para cinco meses intensos no São Paulo Depois de 11 anos na Europa, Lucas Moura volta para cinco meses intensos no São Paulo

São Paulo, Brasil

Título da Copa do Brasil ou da Sul-Americana.

Se tudo der errado, ao menos, a classificação para a Libertadores em 2024.

Ter cinco meses intensos.

Publicidade

E depois liberá-lo para jogar na Liga Norte-Americana de Futebol.

Este é o plano da diretoria do São Paulo que acertou, de vez hoje, a volta de Lucas Moura, depois de 11 anos.

Publicidade

A negociação foi efetivada no dia de apresentação de James Rodríguez.

O presidente Julio Casares quer os dois inscritos para a partida decisiva da semifinal da Copa do Brasil, dia 16, contra o Corinthians.

Publicidade

Há a possibilidade burocrática que isso aconteça.

Facilitada porque ambos estavam sem clubes.

Casares já avisou a conselheiros que Lucas Moura deverá estar treinando já amanhã.

A situação de Lucas Moura foi possível porque, mesmo só com 30 anos, ele não despertou o interesse de clubes europeus. Nem médios ou muito menos grandes.

Ceni não queria. E Dorival não escala como titular. Volta de Pato, até agora, tem sido pífia
Ceni não queria. E Dorival não escala como titular. Volta de Pato, até agora, tem sido pífia Ceni não queria. E Dorival não escala como titular. Volta de Pato, até agora, tem sido pífia

Ele fez a pior temporada de sua carreira.

Em 2022/2023 só entrou em 19 partidas do Tottenham. E marcou um único gol. O clube inglês não quis renovar seu contrato, apesar da possibilidade dele até aceitar salário menor. 

A família de Lucas Moura não queria o retorno ao Brasil.

Por conta da violência.

Mas ele não poderia ficar sem atuar.

O Los Angeles, equipe norte-americana que o atacante negocia, já tem oito estrangeiros, limite estabelecido pela MSL, Liga dos Estados Unidos.

Por isso, ele só atuará por lá em janeiro de 2024.

No Tottenham, Lucas Moura estava jogando no sub-21, totalmente fora dos planos.

Sua última convocação foi em outubro de 2018, por Tite.

Por cinco anos não sabe o que é ser chamado para jogar pelo Brasil.

Ele nutre a esperança que a volta ao São Paulo tenha o impacto para convencer Fernando Diniz a chamá-lo para as Eliminatórias Sul-Americanas.

Como o blog já informou, tanto Lucas Moura como James Rodríguez e Pato são atletas contratados pelo presidente Julio Casares, sem consultar qualquer treinador. Ele só anunciou a Dorival Junior que ele teria o trio midiático.

Todos atletas trintões com capacidade de atrair ainda mais público e mídia ao São Paulo.

Casares vai tentar convencer Lucas, nestes cinco meses, a assinar um longo contrato com o clube. 

Casares outra vez ao lado do jogador recém-contratado. James Rodríguez foi apresentado hoje
Casares outra vez ao lado do jogador recém-contratado. James Rodríguez foi apresentado hoje Casares outra vez ao lado do jogador recém-contratado. James Rodríguez foi apresentado hoje

James Rodríguez, 32 anos, tem compromisso até junho de 2025.

Pato fará 34 anos no próximo mês. Seu contrato vai só até dezembro. 

O rendimento até agora é muito fraco e há chance que não renove. 

Mas segue sendo muito midiático.

Dorival Junior já foi bem claro para Julio Casares.

Ele está sim feliz com mais opções para escalar o São Paulo.

Mas colocará contra o Corinthians os jogadores mais preparados não só tecnicamente. Mas o preparo físico é fundamental para o confronto com o time de Luxemburgo daqui 15 dias.

O assanhamento da torcida e da imprensa é mais do que compreensível para o técnico.

James Rodríguez e Lucas Moura são atletas de importância mundial.

Mas no atual momento estavam parados, sem clube.

Assim como Pato.

Dorival está feliz. 

Como qualquer treinador, quanto mais reforços, melhor.

Mas não se deixa envolver pela euforia.

O trio midiático terá de mostrar nos treinos que merece estar em campo.

A festa fica restrita para a torcida.

O técnico quer títulos para o São Paulo.

Não só mídia...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.