Cosme Rímoli Liga dos Estados Unidos revoltada com Neymar. Avisa que não é colônia de férias

Liga dos Estados Unidos revoltada com Neymar. Avisa que não é colônia de férias

Jogador brasileiro disse que pensa em se aposentar nos Estados Unidos. Porque a liga oferece quatro meses de férias. Dirigentes americanos se revoltaram

  • Cosme Rímoli | Do R7

Neymar confessou estar tentado a se aposentar nos EUA. Por causa dos quatro meses de férias

Neymar confessou estar tentado a se aposentar nos EUA. Por causa dos quatro meses de férias

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

"Não precisamos trazer um jogador de grande nome no final de sua carreira porque ele decidiu que quer se aposentar na MLS.

"Se eles não vierem aqui para jogar e contribuir de maneira significativa para seus times e nossa liga, e respeitar a liga e seus torcedores, então não os queremos na MLS."

A resposta foi direta, veemente, absoluta.

E voltada diretamente a Neymar.

O comissário da MLS, a liga de futebol americana, Don Garber, mostrou toda a sua indignação diante da postura de Neymar. O brasileiro foi claro em relação à possível aposentadoria.

"Não sei, tenho minhas dúvidas. Tenho muita vontade de jogar nos Estados Unidos, pelo menos uma temporada. No Brasil, às vezes eu quero, às vezes não.

"Porque o campeonato de lá é curto, dá para ficar uns três ou quatro meses de férias. Dá pra jogar muito tempo ainda", ironizou no streamer Fenômenos Podcast, conduzido pelo ex-atacante Ronaldo, dono do Cruzeiro e do Valladolid.

Kaká se aposentou após contrato milionário com o Orlando City

Kaká se aposentou após contrato milionário com o Orlando City

Reprodução/Orlando City

A declaração de Neymar, ao enfatizar os quatro meses de férias, causou revolta nos dirigentes da liga americana.

O jogador mais caro do mundo já não entrou em campo em cerca de 50% das partidas do PSG desde que foi contratado por 222 milhões de euros, cerca de 1,2 bilhão de reais.

Contundido, suspenso, servindo à seleção, folgas. Neymar só jogou em metade das partidas do PSG

Contundido, suspenso, servindo à seleção, folgas. Neymar só jogou em metade das partidas do PSG

Reprodução/Instagram

"Queremos que nossa história seja sobre jovens jogadores que chegam aqui em seus primeiros dias ou no auge da carreira e fazem da nossa liga sua escolha", declarou Garber.

A única razão que o brasileiro tem é em relação a jogadores que aproveitaram o dinheiro da Liga de Futebol dos Estados Unidos antes de se aposentar: Kaká (Orlando Ciy), Lampard (New York City), Gerrard (Los Angeles Galaxy), Pirlo (New York City), Thierry Henry (New York Red Bulls), Lothar Matthäus (MetroStars), Valderrama (Colorado Rapids) e Schweinsteiger (Chicago Fire).

Enquanto o representante da liga dos Estados Unidos mostrava sua revolta diante da declaração do brasileiro, Neymar aproveitava para passear de Batmóvel, em uma promoção do filme Batman, em Paris.

Neymar não entende por que não é respeitado...

Paulistão já teve quatro técnicos demitidos em apenas oito rodadas

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas