Jesus voa para o Brasil. Quer volta do futebol e renovar com o Fla

Treinador acredita que o futebol saberá conviver com o coronavírus. Com protocolo usado em Portugal. E retorna disposto a ficar até o final de 2021

Jesus: quer volta do futebol, apesar do coronavírus. Com os cuidados de Portugal

Jesus: quer volta do futebol, apesar do coronavírus. Com os cuidados de Portugal

Reprodução Twitter

São Paulo, Brasil

O interessante em ter laços em dois países, dois continentes diferentes é que a pessoa tem visão mais ampla para a mesma situação.

Jorge Jesus, o melhor treinador do país, embarcou hoje pela manhã de Lisboa para o Rio de Janeiro, para retomar seu trabalho brilhante no Flamengo.

Ele fará 66 anos, daqui dois meses.

Já passou um enorme susto por conta do coronavírus.

Foi diagnosticado em um primeiro exame como infectado. Mas a contraprova esclareceu o erro no diagnóstico inicial. 

Jesus segue no grupo de risco.

E sabe que o Brasil está vivendo o auge da pandemia. Já passou até a China em número de infectados.

Até ontem eram 85.380 casos e 5.901 mortos.

Apesar de o governador do Rio, Wilson Witzel ter esticado a quarentena até o dia 11 de maio e o prefeito, Marcelo Crivella, ampliado o confinamento até o dia 15,  o Flamengo já começa a dar o primeiro passo à volta do futebol hoje.

O técnico quer ficar até o final de  2021. O Flamengo aceita

O técnico quer ficar até o final de 2021. O Flamengo aceita

Flamengo

Funcionários que trabalharão com a equipe principal farão exames para constatar se estão infectados pelo coronavírus.

Amanhã, será a vez de Jorge Jesus e dos outros atletas.

O treinador já conversou com Rodolfo Landim sobre o método que o clube deverá utilizar no retorno do futebol. 

Ele é muito prático.

E percebeu ser o melhor método o que Portugal já adotou.

Em Lisboa, antes do embarque, o treinador detalhou o caminho do Flamengo.

"Os jogadores vão ser todos testados, os familiares deles também, eles andam em carros privados.

"Vão ser testados de duas em duas semanas, quem dera todos os trabalhadores de todas as empresas pudessem fazer isso.

"Se houver alguma oposição aos clubes de futebol voltarem a treinar, então todas as áreas têm de parar.

"Ninguém tem as condições que têm os profissionais de futebol."

Jesus deixa claro tudo o que o diferencial financeiro oferece aos atletas e à comissão técnica. Principalmente do clube mais popular do Brasil.

"Nós temos de saber conviver com o vírus. Os jogadores são trabalhadores e as equipes dão condições aos seus profissionais de garantia e de trabalho que muitas empresas não dão", disse, firme.

Quanto ao seu contrato, que termina em junho, os dirigentes flamenguistas ficaram surpresos, mas gostaram de sua proposta.

Técnico teve acesso a todos os treinamentos dos jogadores durante as férias

Técnico teve acesso a todos os treinamentos dos jogadores durante as férias

Flamengo

Jorge Jesus aceita renovar. E em vez de ser até junho de 2021, o português quer  até dezembro do próximo ano, acompanhando o calendário brasileiro e da Libertadores.

A pandemia desvalorizou o real em relação ao euro.

A princípio, Jorge Jesus estaria pedindo 8 milhões de euros, cerca de R$ 46 milhões, por mais 18 meses na Gávea. Daria cerca de R$ 2,5 milhões. Ele recebe atualmente R$ 1,5 milhão.

Outra mudança é que ele já não parece tão empolgado com o futebol europeu. Apesar de haver vencido a Libertadores  e o Brasileiro, não surgiu o interesse de um grande e estruturado clube do Velho Continente. 

A sondagem do Tottenham não o animou.

Ele se fixou em acompanhar, e cobrar, os jogadores nos treinamentos que fizeram nas férias. Teve relatórios de cada atleta.

A sua relação com a Gávea se tornou ainda mais forte.

"As nossas vidas profissionais, por causa do coronavírus, tudo terá de ser vivido no dia a dia e não tenho, neste momento, mais nenhum projeto a não ser que tenho um compromisso com o Flamengo.

"Neste momento não tenho nada em mente, tenho de viver o dia a dia, saber o que vai acontecer em função desta epidemia e tomar decisões.

"Tenho dois meses, até para os dirigentes do Flamengo decidirem o que é melhor para eles.

"Sentimos que criamos uma grande equipe.

"Isso é um dos fatores que me motiva muito mais a continuar e a forma como também tenho sido tratado.

"Tenho dois meses para decidir a minha vida."

Resumo, se o Flamengo puder pagar perto do que Jesus pede, ele seguirá na Gávea.

Até dezembro de 2021.

Pelo menos...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Quais personagens dos Vingadores seriam os grandes craques da bola?