Cosme Rímoli Impunidade estimula ameaças de morte a jogadores. Foi assim com Cássio, Gil, Willian e, agora, com Edenílson

Impunidade estimula ameaças de morte a jogadores. Foi assim com Cássio, Gil, Willian e, agora, com Edenílson

Adolescentes disseram estar brincando. Mas a ameaça de morte, com direito a um revólver, chegou pelo celular do filho de Edenílson, jogador do Inter. O Código Penal deveria ser aplicado. E quem ameaça poderia ser preso

  • Cosme Rímoli | Do R7

Imagem distorcida de um homem com revólver, ameaçando Edenílson

Imagem distorcida de um homem com revólver, ameaçando Edenílson

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Dois adolescentes se apresentaram nesta tarde na delegacia da Polícia Civil de Santana do Livramento, Rio Grande do Sul.

Disseram serem eles os responsáveis por um vídeo em que se faz uma ameaça, com um revólver, ao jogador Edenílson, do Internacional.

O vídeo é assustador.

Enquanto fala, um homem mostra a arma, que só hoje se descobriu ser falsa.

"Ô, Edenílson, é melhor te cuidar...

Nós vamos te pegar, pai.

Tu joga bola, hein, meu?

Nós, os guris, vamos te grudar!"

A filmagem chegou pelo celular do filho do jogador.

Ontem, Edenílson fez questão de publicar a ameaça nas suas redes sociais.

Acompanhada da pergunta: "Até quando?".

O questionamento era direto, às autoridades.

Lewandowski e o técnico Julian Nagelsmann foram ameaçados de morte após queda na Champions

Lewandowski e o técnico Julian Nagelsmann foram ameaçados de morte após queda na Champions

AFP

Há exatas duas semanas, o goleiro Cássio, o zagueiro Gil e o atacante Willian foram ameaçados de morte nas redes sociais. As famílias dos jogadores se desesperaram.

As mensagens eram intimidadoras.

"É questão de tempo. Não sei o que a gente vai fazer, matar eu não sei, mas vamos achar e esculachar. E pode dizer que estamos fechados com o português [o técnico Vítor Pereira], entendeu? Não com vagabundo paneleiro. O recado vale para todos."

Outro citado nos áudios é o zagueiro Gil. "O recado vale para todos, você entendeu, filhão? Pode repassar que do Gil nós tá quase encontrando, o do Gil está quase no pente. Tá bom, filhão? Relaxa. Mas o principal é desse vagabundo aí do Cássio, tá bom? Então fique em paz, nada contra você, contra a sua pessoa, mas a caminhada é essa. Nós é tudo pelo Corinthians."

Willian ainda recebeu o recado de que teria seu carro "incendiado".

Nas ameaças a Cássio e Gil, um revólver e balas serviam como "ilustração".

A polícia de São Paulo agiu rápido também. E logo alcançou os sete autores das ameaças. E os liberou. 

Ninguém foi preso.

Os policiais apenas pediram à Federação Paulista de Futebol que impedisse a entrada dessas pessoas nos jogos do Corinthians. E elas tiveram de escrever retratações aos atletas.

Esse é o grande problema: o exemplo.

Na Alemanha, após a eliminação do Bayern pelo Villarreal, na Champions League, o melhor jogador do mundo em 2020 e 2021, Lewandowski, foi ameaçado de morte. A polícia germânica ainda caça os autores das ameaças. E, se capturados, eles serão processados. E poderão ser presos.

Edenílson fez questão de divulgar o vídeo. E cobrar das autoridades: "Até quando?"

Edenílson fez questão de divulgar o vídeo. E cobrar das autoridades: "Até quando?"

Internacional

O Código Legal Brasileiro prevê penas para ameaças de morte com armas.

O artigo 147 prevê: "Perseguir alguém, reiteradamente, e por qualquer meio, ameaçando-lhe a integridade física ou psicológica, restringindo-lhe a capacidade de locomoção ou, de qualquer forma, invadindo ou perturbando sua esfera de liberdade ou privacidade. Pena – reclusão, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa". 

Ou seja, esses "torcedores" que ameaçam a vida de jogadores deveriam ser julgados. Com a possibilidade de prisão. Ou reclusão na Fundação Casa, quando menores.

Enquanto isso não acontecer e eles forem apenas afastados dos jogos de seus times, com direito à mera retração, a sensação será de impunidade.

E estímulo para que outros façam o mesmo.

As famílias dos jogadores são atingidas também.

A esposa de Cássio, por exemplo, chegou a pedir ao jogador que fosse atuar fora do Brasil.

A situação é perigosa.

E está ficando insustentável...

Quanto vale Endrick? Saiba quais os brasileiros sub-20 mais valiosos da atualidade

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas