Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Grosseiro, Luxemburgo já é questionado. Conselheiros e chefes das organizadas, assustados com o péssimo futebol, pedem a demissão

Após a derrota vexatória para o Botafogo, por 3 a 0, o técnico tenta fazer piada. Culpa outra vez os jogadores e sonha com reforços. Treinador de 71 anos já é seriamente questionado no Parque São Jorge

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Luxemburgo colocou seu time principal no Rio. E foi goleado. Sem saída, o técnico cobra reforços
Luxemburgo colocou seu time principal no Rio. E foi goleado. Sem saída, o técnico cobra reforços Luxemburgo colocou seu time principal no Rio. E foi goleado. Sem saída, o técnico cobra reforços

São Paulo, Brasil

"A motivação?"

"Estou com ela apontada para o céu, você já viu? Não queira ver..."

Vanderlei Luxemburgo tentou fazer graça, de forma grosseira, para um repórter, após o Corinthians perder por 3 a 0 para o Botafogo, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Só ele riu da piada que fez.

Não riria se soubesse o que aconteceu logo após sua coletiva.

Publicidade

 Bastaram três jogos.

E a pressão sobre Duilio Monteiro Alves já cresce.

Publicidade

Revoltados pela péssima partida que o Corinthians fez ontem, no Engenhão, conselheiros já pedem a saída de Vanderlei Luxemburgo.

Chefes de organizadas, que ouviram o treinador implorar por dez jogos de trégua, sem protestos, querem voltar atrás e pressionar o time a encarar o clássico de domingo, contra o São Paulo, em Itaquera, com obrigação de vitória.

O inconformismo é generalizado com a fragilidade tática do esquema armado pelo treinador de 71 anos.

O Corinthians de Luxemburgo tomou um gol de escanteio, outro de pênalti de Cássio, nascido em um contragolpe primário, e o terceiro a equipe botafoguense trocou passes à vontade até marcar.

"Quantas defesas o Cássio fez no jogo? Não é questão da defesa. Tenho que analisar o gol como saiu, ver a solidez da defesa e ver o que rolou. Quantas vezes ele fez intervenções? É preciso analisar o que aconteceu para tomarmos o gol. Como foi o primeiro gol?"

"De escanteio, estávamos sólidos. Tomamos gol de bola parada. É isso que quero analisar com calma, posicionamento. Se fosse uma deficiência defensiva, o goleiro teria feito várias defesas. Não foi ataque contra defesa."

O treinador é especialista, "aprendeu" que a imprensa costuma aceitar a resposta de técnicos como definitiva. Por isso, negar o fraco futebol que o Corinthians mostrou talvez funcionasse nos anos 1990, quando viveu seu auge. Mas ele perdeu o status de "supertécnico" há muito tempo.

A derrota por 3 a 0 foi um vexame que, outra vez, Luxemburgo repassou para o atual grupo de jogadores.

"A realidade que se mostra agora é que foram três jogos, mas ganhamos um ponto só. A realidade é que nós não temos como contratar até julho, esse grupo é o nosso grupo."

Sim, Luxemburgo falou claramente: "a realidade é que não temos como contratar até julho". Por um motivo muito simples. Duilio prometeu, no mínimo, três reforços. 

Os gols do Botafogo demonstraram o fraco poder defensivo do Corinthians. Vexame
Os gols do Botafogo demonstraram o fraco poder defensivo do Corinthians. Vexame Os gols do Botafogo demonstraram o fraco poder defensivo do Corinthians. Vexame

Mas, antes disso, a sequência do Corinthians é assustadora.

São Paulo, Atlético Mineiro (pela Copa do Brasil), Flamengo, Fluminense e Argentino Juniors, pela Libertadores.

Duilio promete defender, dar guarida ao treinador, não quer outra demissão. Como aconteceu com Fernando Lázaro e Cuca.

Luxemburgo queria ganhar moral e travar os questionamentos que eram intensos depois da derrota para o Argentino Juniors e o empate, com o Corinthians dominado, diante do Fortaleza.

E escalou seu time principal no Rio de Janeiro.

Enquanto isso, Dorival poupou o São Paulo, ontem, no empate em 0 a 0 contra o Fortaleza, no Ceará.

Um motivo de orgulho para os torcedores corintianos é o time jamais ter perdido para o São Paulo em Itaquera.

Se houver derrota, Luxemburgo que se cuide...

Troca de técnicos e elenco envelhecido: os 7 erros de Duílio no Corinthians

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.