Cosme Rímoli Galiotte é claro. Por ele, acabou o ciclo de Felipe Melo no Palmeiras

Galiotte é claro. Por ele, acabou o ciclo de Felipe Melo no Palmeiras

Na noite que o Palmeiras alcançou a liderança do Brasileiro, o dirigente rebate o líder do elenco, que não sabia o seu futuro

  • Cosme Rímoli | Do R7

Abel tem em Felipe Melo o 'seu líder'. Postura de Galiotte atrapalha ambiente dos jogadores

Abel tem em Felipe Melo o 'seu líder'. Postura de Galiotte atrapalha ambiente dos jogadores

Cesar Greco/Palmeiras

São Paulo, Brasil

Para tirar o brilho da vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o Grêmio, no Allianz Parque, e a chegada à liderança do Brasileiro, precisava acontecer algo importante.

Aconteceu.

Mostrando falta de sensibilidade inacreditável, o presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, confirmou que, por ele, Felipe Melo e Jailson não renovarão contrato, ao final deste ano.

O dirigente afirmou isso hoje, ao ser cobrado publicamente por Felipe Melo.

"Vejo que meu nome é bastante forte no mercado, no cenário do futebol. Vejo tantos outros atletas que vão terminar o contrato em dezembro, mas se fala do Felipe Melo. Não sei o que passa na cabeça do presidente, do diretor."

"É verdade que o presidente me chamou para conversar um tempo atrás, me pediu 15 dias. Já se passaram dois meses e ele não apareceu ainda", disse o volante de 38 anos.

Galiotte, que tem o gênio forte, não gostou da postura de Melo. Principalmente do fato dele afirmar não saber o que se passa na 'sua cabeça'.

O dirigente é conhecido no Conselho Deliberativo, no clube, por não deixar passar provocações. Ainda mais porque a política de renovação, busca de garotos, foi dele. Mudando radicalmente o que ele mesmo havia começado: a compra de estrelas, jogadores caros.

E desafiado por Felipe Melo, o dirigente não deixou por menos.

"O Felipe não estava sem saber qual era o futuro dele. Foi uma decisão dura, o Felipe ganhou títulos, tem o respeito do clube e do torcedor, mas alguns ciclos precisam ser encerrados, e agora temos um ciclo de garotos vindo por aí. Nós conversamos com toda a diretoria e comissão e tomamos essa decisão."

Galiotte não aceita desaforo. E, em vez de resolver com Felipe Melo, comprou a briga pública

Galiotte não aceita desaforo. E, em vez de resolver com Felipe Melo, comprou a briga pública

Cesar Greco/Palmeiras

"O comunicado foi feito pelo Anderson, mas em consenso com todos: presidente, vice e comissão. Eu fico até o dia 5 de dezembro e não vou renovar o vínculo com ele."

"O Felipe tem contrato até o dia 31 de dezembro. Se o próximo presidente tomar outra decisão, já não cabe mais a mim", disse ao site UOL.

O momento para o conflito é péssimo.

Abel Ferreira já cansou de dizer que Felipe Melo é o líder do seu time.

Mas Galiotte fez questão de, com o Palmeiras começando a embalar no Brasileiro, na décima rodada, e faltando uma semana para o início das oitavas de final contra o Universidad Católica, deixar claro que o líder do elenco e o Jailson, goleiro que é muito querido pelos companheiros, por ele, não ficariam no clube em 2022.

Felipe Melo é um dos grandes ídolos da torcida palmeirense. Está exposto de forma desnecessária

Felipe Melo é um dos grandes ídolos da torcida palmeirense. Está exposto de forma desnecessária

Cesar Greco/Palmeiras

A tendência enorme é que Galiotte faça a sua sucessora, Leila Pereira.

Felipe Melo e Jailson já podem assinar pré-contrato com qualquer outro clube. O compromisso dos dois termina em dezembro.

Galiotte precisava ser mais político.

Mas seu ego não resistiu à provocação de Felipe Melo.

Pior para o Palmeiras...

Fora da Euro, CR7 curte férias em seu iate de mais de R$ 50 milhões

Últimas