Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Gabigol no lugar que era para ser de Dudu? Alexandre Mattos segue a busca de um ídolo para ‘duelar’ com Hulk, no Atlético

O dono do Cruzeiro, Pedro Lourenço, tem insistido com o executivo Alexandre Mattos. Já gastou R$ 50 milhões em reforços. Mas tem mais R$ 50 milhões ‘sobrando’ para uma grande estrela midiática. Gabigol é o primeiro nome que Mattos estuda, depois do fracasso com Dudu

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window


Dinheiro não será problema, caso Gabigol decida jogar no Cruzeiro. Suspensão por doping é o obstáculo Picasa

Depois da ‘deslealdade’ de Dudu, o Cruzeiro segue atrás de outra estrela midiática.

E ela tem nome.

Gabigol.

O dono do futebol do clube, Pedro Lourenço, gostou muito da ideia de vários conselheiros.

Publicidade

Eles alegam que a chance está no impasse do jogador com o Flamengo.

O clube carioca já deu inúmeras demonstrações públicas que não deseja a renovação.

Publicidade

Principalmente porque Tite não o quer como titular.

E nem faz questão que esteja no grupo de atletas que comanda.

Publicidade

O artilheiro sabe muito bem dessa situação.

A renovação do seu contrato está travada.

Desde o início do ano, quando a pedida foi revelada.

R$ 54 milhões como luvas e R$ 2 milhões de salários, por quatro anos.

Com a chegada de Tite e sua fixação como reserva, a direção rubro-negra perdeu toda a empolgação pela renovação caríssima.

Não bastasse o impasse, houve a suspensão de dois anos do atacante, por se recusar a fazer o exame antidoping surpresa na Gávea.

Ele acabou fazendo, não no período da manhã, mas à tarde e tratando mal os examinadores.

Os advogados de Gabigol conseguiram o efeito suspensivo para que Gabigol seguisse jogando.

A sentença definitiva só sairá no segundo semestre deste ano.

Se for condenado, sua suspensão terminará em abril de 2025.

É um prazo interessante para o Cruzeiro ter esse artilheiro, ‘de graça’.

Ou seja, sem pagar um centavo ao Flamengo.

Porque o contrato do jogador terminará no final de dezembro de 2024.

Mas há também a possibilidade, grande, de a suspensão ser anulada.

E Gabigol ficar livre para atuar, ainda em 2024, como está agora.

A imprensa mineira garante que já está havendo reuniões entre Mattos e Pedro Lourenço, pensando no artilheiro.

Como a necessidade de pagar uma quantia ao Flamengo.

A rádio Itatiaia noticiou que Pedro Lourenço teria até ligado para o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, perguntando se havia a possibilidade de o clube carioca vender o atleta. Mas não houve resposta direta.

Ele tem apenas três jogos pelo rubro-negro no Brasileiro de 2024.

Pode se transferir e jogar no Cruzeiro.

Por enquanto, não há concorrentes assumidos pelo problemático, mas eficiente, atacante.

Pedro só quer a divulgação de um possível acordo com tudo assinado.

Principalmente por parte do jogador.

A postura de Dudu o traumatizou.

Tudo ainda está embrionário.

Mas o nome agrada a direção, a Comissão Técnica.

E, principalmente, a torcida cruzeirense.

A negociação, porém, é muito complicada.

Apesar de não ter bom ambiente na Gávea, Gabigol é imprevisível.

Seu sonho, que era atuar na Europa, em um clube grande, está praticamente morto, pelas péssimas duas temporadas.

Basta saber se ele aceita trocar o Rio de Janeiro por Belo Horizonte...




Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.