Gabigol cansou de esperar. Foco será no Flamengo e na seleção

Ele aguardou por dois meses alguma proposta de um gigante europeu. Não veio. O melhor caminho é ficar na Gávea. E lutar para ser titular na seleção

Sem ofertas de gigantes europeus, saída é focar no Flamengo e na Seleção

Sem ofertas de gigantes europeus, saída é focar no Flamengo e na Seleção

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

Foi uma espera difícil.

Desde o dia 23 de novembro do ano passado.

Conquista da Libertadores da América.

Título com dois gols seus.

Que o confirmaram como artilheiro.

Assim como foi do Brasileiro.

Esperava que a péssima participação no Mundial de Clubes, praticamente desaparecido em campo contra o Al-Hilal e Liverpool, não tivesse tanta influência.

Mas teve.

Outra vez Gabriel Barbosa não brilhou.

Como foi na Inter de Milão.

E no Benfica.

O jogador não queria ficar no Brasil.

Desejava a Europapara provar o seu talento.

Mas não surgiram os gigantes que ele sonhava.

Mesmo o West Ham, clube médio inglês, perdeu o interesse.

Foi como a diretoria do Flamengo previa.

E o clube da Gávea, com sua proposta de 15 milhões de euros, cerca de R$ 69,5 milhões, que pode subir para 16 milhões, cerca de R$ 74 milhões, segue soberano.

O jogador não quer nem pensar em atuar na China, onde poderia receber mais.

Gabigol foi mal demais no Mundial. Era o seu principal palco para a Europa em 2019

Gabigol foi mal demais no Mundial. Era o seu principal palco para a Europa em 2019

Reprodução/Twitter

Aos 23 anos, ele já está milionário. Na compra que a Inter fez do Santos, em 2016, recebeu R$ 30 milhões. Desde o segundo semestre daquele ano, recebe R$ 1,2 milhão a cada 30 dias. Fechando com o Flamengo, Gabigol deve passar a ganhar R$ 1,5 milhão.

A meta do clube será assumir a hegemonia de vez do futebol brasileiro e da América do Sul.

Mas o jogador terá sua meta pessoal.

Além de vencer com o clube, ele pretende se tornar titular da seleção brasileira. E disputar a Copa do Mundo de 2022.

Esse será o seu Norte em 2020.

Como é muito jovem, passar os próximos dois anos e meio no país, jogando em alto nível, poderá ser importante para o seu amadurecimento.

E, depois do Qatar, voltar para a Europa.

Esse é o caminho realista de Gabigol.

Ele recuperou seu melhor futebol no Flamengo.

Esperou por um grande europeu.

A sonhada proposta não veio.

Então, o melhor é ficar na Gávea.

Se aprimorar ainda mas com Jorge Jesus.

E lutar pela Copa do Mundo.

A reapresentação dos titulares do Flamengo será no dia 27.

A diretoria do clube carioca acredita que tudo estará resolvido até lá.

Gabigol sabe.

Gabigol quer se firmar como titular na seleção de Tite. Caminho aberto

Gabigol quer se firmar como titular na seleção de Tite. Caminho aberto

CBF

Já aguardou demais.

O sonho de volta para a Europa ficará adiado.

As metas em 2020 serão duas.

Ganhar tudo de novo com o Flamengo.

E se firmar na seleção brasileira.

Excelentes compensações...

Gabigol: artilheiro do Brasileiro faz mais gols ou troca de visual?