Fred chega ao Rio. Depois de 600 quilômetros de bicicleta. Elétrica...

O 'Fred Tour' rendeu milhares de cestas básicas para comunidades carentes. E dinheiro a funcionários do Flu. Motor elétrico ajudou o jogador de 36 anos

Fred levanta sua bicicleta elétrica que o levou de Minas ao Rio

Fred levanta sua bicicleta elétrica que o levou de Minas ao Rio

Reprodução Twitter

São Paulo, Brasil

Ruptura nos ligamentos cruzados do joelho direito.

Lesões nos adutores das coxas esquerda e direita.

Torções nos tornozelos esquerdo e direito.

No dia 3 de outubro, 37 anos.

Fred decidiu comemorar a volta ao Fluminense de uma maneira diferente. Atravessando os 600 quilômetros que separam Belo Horizonte do Rio de Janeiro de bicicleta.

Seguindo a Estrada Real, vias construídas quando o Brasil ainda era uma colônia de Portugal. Saiu de Congonhas até chegar a Paraty.

Ele saiu no domingo e chegou ontem.

Levou cinco dias.

Ou seja, 120 quilômetros a cada 24 horas.

Sempre acompanhado com seu preparador físico pessoal e dois carros como segurança, em todo o trajeto.

Fred e as cestas básicas. Excelente iniciativa. E que reforçou a imagem de atleta

Fred e as cestas básicas. Excelente iniciativa. E que reforçou a imagem de atleta

Reprodução Twitter

De carro, o jogador foi para o Rio e foi, bem cedo de bicicleta, às Laranjeiras.

O 'Tour do Fred', referência ao Tour da França, corrida ciclística mais conhecida, arrecadou milhares de cestas básicas e teve patrocinadores.

Todo o arrecadado será doado para comunidades carentes e também para funcionários do Fluminense.

Ele leiloará as camisas que usou no trajeto.

E também doará o dinheiro.

A ideia foi ótima.

Chamou a atenção para a volta do ídolo, do líder do Fluminense.

Só faltou destacar algo importante nesse trajeto.

A bicicleta que Fred usou não é 'normal'.

É elétrica.

Custa R$ 29.990,00.

Possui motor, suspensão, amortecedor.

O Fluminense não iria expor sua estrela a um desgaste absurdo, antes mesmo do primeiro treino.

Valeu pelas doações.

Pela festa.

Pela promoção.

Lógico que exigiu esforço.

Mas não tanto quanto possa parecer...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Messi 'veta' aviões de sobrevoarem a sua casa? Entenda a polêmica