Cosme Rímoli Flamengo decide esperar por Jorge Jesus. Landim quer prorrogar seu mandato pelo estádio. E tem de contratar o técnico 'certo'

Flamengo decide esperar por Jorge Jesus. Landim quer prorrogar seu mandato pelo estádio. E tem de contratar o técnico 'certo'

Entre ficar 13 partidas sem Jesus ou arriscar com um novo técnico sem identificação com o clube, como Sampaoli, Landim prefere esperar o português. Seu contrato na Turquia termina no final de maio

  • Cosme Rímoli | Do R7

Landim não pode errar, se quiser prorrogar seu mandato. Daí a decisão de esperar por Jesus

Landim não pode errar, se quiser prorrogar seu mandato. Daí a decisão de esperar por Jesus

Alexandre Vidal/Flamengo

São Paulo, Brasil

Entre se arriscar em outra amarga aventura, como Paulo Sousa ou Domenèc Torrent, a direção do Flamengo decide esperar por Jorge Jesus até o fim de maio, quando acaba seu contrato com o Fenerbhaçe.

A decisão vai muito além da aposta no treinador, que já mostrou sua competência na Gávea, em 2019 e 2020.

Tem um cunho político importantíssimo.

O grupo político que sustenta o presidente Rodolfo Landim quer mudar o estatuto do Flamengo. Para permitir que um presidente fique não mais três anos, mas quatro.

Landim precisa de dois anos a mais no comando do clube para implementar o lançamento do sonhado estádio do clube, para 120 mil pessoas. E deixar de vez o Maracanã.

Mas, para isso, necessita que o time esteja vencendo, conquistando títulos.

Pensando em longo prazo: o Flamengo pode ficar 48 dias esperando por Jesus. E depois assinar um contrato de dois anos e meio, ou seja, até o fim do mandato de Landim.

A ambição vai além: o vice de futebol, Marcos Braz, é o candidato natural à sucessão de Landim. E é óbvio que ele precisa até mais de vitórias do time de futebol.

Landim e Braz sabem que Jorge Jesus é o treinador que mais desperta confiança nos conselheiros da Gávea. 

Não adiantaria apostar no argentino Jorge Sampaoli, que não tem a menor identificação com o clube rubro-negro, ao contrário do português. Recontratar Dorival Júnior seria admitir um grande erro, depois de desprezá-lo para ficar com Vítor Pereira, que durou 16 partidas, perdeu três finais. E caiu com o time na semifinal do Mundial de Clubes.

Em relação a Jorge Jesus, a situação é clara, evidente.

Ele quer voltar a trabalhar no Flamengo.

Mas não vai abandonar o Fenerbahçe na semifinal da Copa da Turquia. E muito menos no Campeonato Turco, onde seu clube está na 2ª colocação.

Vítor foi uma aposta caríssima. Três finais perdidas e queda na semifinal do Mundial. R$ 15 milhões de multa

Vítor foi uma aposta caríssima. Três finais perdidas e queda na semifinal do Mundial. R$ 15 milhões de multa

Reprodução/Twitter

Talvez não por acaso, vazou ontem à noite um áudio seu a "um amigo". Nele, o português mostra que já vem conversando com Marcos Braz. E que não tocou na questão financeira ainda. Mas já deixa claro quanto quer trabalhar na Gávea.

Com o vazamento da conversa, Jesus deixa amarrada a direção do Flamengo.

Porque, se ela aposta em outro treinador, e ele fracassa, conselheiros, torcedores e imprensa lembrarão que o clube tinha outra vez Jorge Jesus "na mão", como aconteceu no fim de 2021, quando ele estava para sair do Benfica, e o Flamengo não esperou, porque o português não afirmou publicamente que iria para o clube brasileiro.

Eis o áudio.

"Bom dia, amigo.

"Aqui são 10h da manhã na Turquia, aí no Brasil o fuso horário é de seis horas.

"Eu falei com o Marcos Braz ontem várias coisas, mas nunca falei em condições financeiras com ele. Não sei por que está a passar no Brasil a dizerem que eu pedi muito dinheiro e não chegaram a acordo comigo.

"Não sei qual é a intenção disso, mas a verdade é que o Marcos Braz falou comigo sobre o Flamengo, se eu podia sair já. Eu disse que já não podia, tinha que me dar algum tempo. Até para eu falar aqui com o presidente.

"Falta um mês e meio para acabar o campeonato aqui na Turquia. Ele me disse que ia pôr um treinador interino, e eu disse: 'Então, O.K., vocês podiam esperar por mim'.

"Ele disse que não podia esperar muito por mim mais que uma semana.

"E aqui, pronto, tudo bem.

"Agora não quero que as pessoas pensem que, se eu não for para o Flamengo, que foi por questões financeiras. Porque não falei nem com o Marcos Braz e já estão por aí a dizer que eu pedi mundos e fundos."

Para o planejamento dar certo, o grupo de jogadores precisa se empenhar com o interino Mario Jorge

Para o planejamento dar certo, o grupo de jogadores precisa se empenhar com o interino Mario Jorge

Reprodução/Twitter

O Flamengo terá 13 partidas até Jorge Jesus se livrar do Fenerbhaçe.

São Maringá, duas vezes, pela Copa do Brasil. Coritiba, Internacional, Botafogo, Athletico Paranaense, Goiás, Bahia, Corinthians e Cruzeiro, pelo Brasileiro. E Ñublense, duas vezes, pela Libertadores.

Se o time render com o interino Mario Jorge, treinador do sub-20, assunto encerrado.

A direção espera tranquilamente por Jorge Jesus.

Só se a campanha se mostrar desastrosa haveria a necessidade de antecipação, busca de outro técnico.

Mas Landim e Braz estão chegando à conclusão que o melhor é esperar.

Apostar no longo prazo.

Para ter o máximo de apoio na prorrogação de mandato de Landim.

No sonho do estádio.

E aposta em Braz para a sucessão...

Conheça o atacante Pedro Raul, apontado como novo affair de Yasmin Brunet

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas