Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Flamengo aposta alto e negocia com West Ham. Para ter Paquetá e tentar fazer a torcida esquecer a saída de Gabigol

Direção do clube carioca tem a certeza de advogados. Se Lucas Paquetá for punido por manipulação de apostas, a suspensão só valerá para a Inglaterra. Ele poderá jogar no Brasil, no restante do mundo. Diante da desistência do Manchester City, West Ham aceitou negociar

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window


O retorno à Gávea se mostra o melhor caminho para Paquetá. Há muito medo do estafe do jogador, de que seja suspenso pela Federação Inglesa Gilvan de Souza/Flamengo

É uma mistura de aposta com oportunismo.

E vontade de encobrir o impacto da saída de Gabigol.

A direção do Flamengo há um mês negocia com a direção do West Ham.

Os dirigentes do clube carioca souberam da desistência do Manchester City, comandado por Pep Guardiola, de contratar o brasileiro.

Publicidade

E que gigantes europeus seguiram o mesmo caminho.

Porque há a certeza de que Lucas Paquetá será duramente punido pela Federação Inglesa.

Publicidade

A acusação é pública e muito difundida.

A de que teria forçado dois cartões amarelos, em 2023.

Publicidade

Nas partidas do West Ham contra o Leeds, em maio, e diante do Leicester, em novembro.

E as punições teriam sido previstas por apostadores que moram na Ilha de Paquetá, onde o jogador nasceu e até virou seu ‘sobrenome’ no futebol.

Os ganhos dos apostadores chegaram a R$ 670 mil.

O meia só está atuando na Seleção Brasileira, na Copa América, porque seus advogados de defesa alegaram que não teriam tempo hábil para analisar as 2 mil páginas de documentos que a Federação Inglesa usa como provas.

As provas foram entregues apenas 12 dias antes do julgamento.

A definição de suspensão, ou não, foi adiada, sem data marcada.

Há a possibilidade até de banimento do futebol.

A saída de um ídolo como Gabigol força a direção do Flamengo a buscar jogadores importantes. Como Paquetá

Mas para os advogados que o Flamengo consultou, uma possível suspensão só valeria para a Inglaterra.

E ele poderia atuar em todos os outros países do mundo.

É uma postura discutível, mas que a direção do clube carioca assumiu como certeza.

Daí ter feito uma primeira proposta por empréstimo ao West Ham.

O clube inglês rechaçou e avisou que só aceita a venda.

Como o West Ham investiu 61 milhões de euros pelo atleta em 2022, R$ 309 milhões na época, o comprando do Lyon, os britânicos querem uma grande compensação financeira.

De acordo com a imprensa inglesa, o clube brasileiro chegaria à metade, 30 milhões de euros, cerca de R$ 181 milhões.

Além do potencial do jogador, titular da Seleção Brasileira, a direção rubro-negra vê na possível contratação a chance de desviar o foco de Gabigol.

O atacante não ficará mesmo na Gávea.

E a chegada de um jogador tão importante quanto Paquetá teria impacto enorme.

Com potencial para tirar a atenção da saída do artilheiro.

A negociação com o clube inglês está avançada.

E o jogador quer voltar para o Brasil.

A pressão para a punição do meia, na Inglaterra, é enorme.

Paquetá não fala sobre o assunto.

Só disse que era ‘inocente’ e iria provar na justiça, na sua primeira entrevista desde que chegou aos Estados Unidos para a Copa América.

E enfatizou que não diria mais uma palavra sobre a possível suspensão...





Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.