Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Fifa age para que o afastamento Rubiales seja definitivo. Presidência da Espanha também não aceita a volta do abusador

O Comitê de Disciplina da Fifa afasta o Luis Rubiales da presidência da Federação Espanhola de Futebol. Primeiro, por 90 dias. Mas a meta é que ele não volte mais, como também quer o presidente da Espanha

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

A cena que envergonhou a Espanha. Custou o afastamento do cargo. Fifa deseja que ele não volte
A cena que envergonhou a Espanha. Custou o afastamento do cargo. Fifa deseja que ele não volte A cena que envergonhou a Espanha. Custou o afastamento do cargo. Fifa deseja que ele não volte

São Paulo, Brasil

Como o blog antecipou ontem, já que Luis Rubiales não teve a dignidade de pedir demissão do cargo de presidente da Federação Espanhola de Futebol, depois do beijo forçado na jogadora Hermoso, depois da histórica conquista da Copa do Mundo da Austrália, a Fifa agiu.

E tratou de afastá-lo do cargo.

Primeiro, provisioriamente.

Publicidade

Ele não poderá exercer qualquer função ligada ao futebol por 90 dias.

A Comissão Disciplinar da Fifa também o proibiu de ter contato com Hermoso.

Publicidade

A razão é que o presidente poderia usar seu cargo para forçar a jogadora dizer que o beijo foi consentido. 

Porque isso não deverá acontecer de jeito algum.

Publicidade

A Fifa tem a anuência da presidência da Espanha para que Rubiales não volte ao cargo.

Hermoso deixou bem claro no twitter o que o mundo já sabia.

Rubiales agiu como um cafajeste.

"Me senti vulnerável e vítima de uma agressão. Um ato impulsivo, machista e sem nenhum tipo de consentimento da minha parte.

"Claramente não fui respeitada", escreveu em negrito.

A cena com Teresa Abelleira já havia sido vexatória. Rubiales agiu como um cafajeste
A cena com Teresa Abelleira já havia sido vexatória. Rubiales agiu como um cafajeste A cena com Teresa Abelleira já havia sido vexatória. Rubiales agiu como um cafajeste

O presidente espanhol Pedro Sánchez quer Rubiales longe do cargo definitivamente. Já havia deixado claro para o próprio dirigente, que o traiu ontem não renunciando.

Há uma pressão da opinião pública espanhola para que Hermoso processe Rubiales.

O dirigente promete se defender.

Insiste que o beijo foi consentido e correspondido.

Quando a imagem é clara: ele segurando à força a cabeça da jogadora.

Uma imagem que envergonha a Espanha...

Além de beijar campeã da Copa, dirigente teria roubado dinheiro para festa; conheça Luis Rubiales

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.