Cosme Rímoli Endrick perdeu dinheiro. Nem ele ou seu pai sonhavam. Revelação do Brasileiro só com cinco partidas. Nada de bônus do Palmeiras

Endrick perdeu dinheiro. Nem ele ou seu pai sonhavam. Revelação do Brasileiro só com cinco partidas. Nada de bônus do Palmeiras

O menino prodígio do Palmeiras não para de quebrar barreiras. Eleito o jogador revelação do Brasileiro com apenas cinco partidas. Nelas, três gols e uma assistência. Perdeu dinheiro por não prever o prêmio no contrato

  • Cosme Rímoli | Do R7

Nem o estafe ou o pai de Endrick poderiam supor. Revelação do Brasileiro com apenas cinco partidas

Nem o estafe ou o pai de Endrick poderiam supor. Revelação do Brasileiro com apenas cinco partidas

Cesar Greco/Palmeiras

São Paulo, Brasil

O contrato de Endrick com o Palmeiras é 'europeu'.

Tem inúmeras cláusulas e bonificações

Como artilharia, presença em campo, convocação para a Seleção.

Mas nem mesmo, seu pai, tão otimista, esperava.

Douglas Santos ficou embasbacado ao saber ontem, que seu filho, de 16 anos, era a revelação do Campeonato Brasileiro.

Com apenas cinco partidas. três gols e uma assistência.

Jamais na história do Campeonato Brasileiro um atleta atuou tão poucas vezes e acabou escolhido como revelação.

Nunca.

Se o estafe ou o pai do atleta imaginavam essa situação, Endrick poderia ter mais um bônus.

O contrato do jogador é escalonado.

Ou seja, aumenta de ano para ano.

Há duas vertentes entres os conselheiros.

A primeira é que ele ganharia R$ 100 mil no primeiro ano. R$ 120 mil no segundo. E R$ 150 mil no terceiro.

A segunda é que seriam R$ 90 mil, R$ 100 mil e R$ 120 mil.

Lógico que nenhuma parte confirma o real rendimento do garoto de 16 anos.

Só a multa rescisória é pública.

60 milhões de euros, cerca de R$ 318 milhões.

A direção do Palmeiras insiste, quer a antecipação de renovação.

Ou seja, deixar apalavrado, na prática, um novo contrato.

Quando ele completar 18 anos. E aí esticar seu vínculo, pagar maior salário.]

E, lógico, aumentar a multa.

Mas o estafe do jogador não quer nem pensar nesta possibilidade.

O assédio de gigantes europeus não cessa.

Arsenal, PSG, Manchester City, Real Madrid, Liverpool.

Mas hoje, se tivesse de ir para uma equipe, sua preferência seria o Barcelona.

Por uma questão de afinidade, sonho.

A probabilidade é que 2023 seja uma ano decisivo para o futuro do jogador.

Podendo até seguir o caminho de Vinícius Júnior.

Ser vendido ainda menor e sair do clube só com 18 anos.

Mas antes, ele quer aproveitar seu 2022 fantástico.

Campeão da Copa São Paulo.

Campeão Brasileiro sub-20.

Campeão do torneio sub-17 de Montaigu, na França. Foi o artilheiro e escolhido melhor jogador da disputa que o Brasil não conquistava há 38 anos.

Campeão brasileiro profissional.

E revelação do torneio.

Com apenas cinco partidas!

Situação inédita, que nem ele ou seu pai acreditavam...

Guia da Copa: confira ranking da Fifa, participações e melhor desempenho dos países

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas