Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Endrick fora do jogo contra o San Lorenzo. Abel Ferreira já avisou ao garoto de 17 anos. Guarde forças para a final contra o Santos

Abel Ferreira sabe que Endrick segue com dores na coxa direita. Para evitar estiramento, o deixou de fora da partida de quarta, na estreia da Libertadores. Ele o quer 'pronto' para a final contra o Santos

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

São Paulo, Brasil

A decisão foi tomada ontem mesmo.

Ao perceber no rosto de Endrick a expressão de dor, ao ser lançado na corrida, aos dez minutos do segundo tempo da partida de ontem, contra o Santos, ele avisou: Lázaro iria entrar.

Apesar dos 17 anos, o jogador não resistiu às fortes dores na coxa direita, ainda resquício de um forte pontapé, que recebeu de Marc Cucurella, lateral esquerdo do Chelsea, no amistoso contra a Espanha.

Publicidade

Endrick viajou de Madri na madrugada de quarta. Fez alongamentos e um treino leve, regenerativo. Jogou, com alta intensidade, contra o Novorizontino, na semifinal do Paulista, na quinta-feira.

As dores persistiram.

Publicidade

Na sexta e sábado, tratamento intensivo.

Consultado, pediu para jogar.

Publicidade

As dores musculares não aparecem em ressonância, ou qualquer outro exame.

Ou seja, o diagnóstico depende do jogador.

E, sabendo que este Paulista será seu último campeonato pelo Palmeiras, antes de ir para o Real Madrid, ele insistiu em jogar ontem.

Queria ficar o tempo todo, os noventa minutos.

Mas Abel, mesmo precisando dele, para tentar empatar o jogo, decidiu tirá-lo nos últimos 25 minutos.

O treinador percebeu que Endrick poderia ter um estiramento e não atuar na final, no próximo domingo, no Allianz.

E, ainda no vestiário da Vila Belmiro, o atacante de 17 anos foi avisado.

Não jogador na quarta-feira, contra o San Lorenzo, na Argentina, na estreia do Palmeiras, na Libertadores.

O treinador deve anunciar ainda hoje outros atletas que não atuarão, ficarão descansando para a decisão.

Mas a principal estrela palmeirense já sabe.

Terá uma semana de descanso.

Abel quer a reviravolta, depois da derrota de ontem, na primeira partida final.

Deseja repetir o que fez nos dois últimos Paulistas.

Em 2022, quando seu time perdeu por 3 a 1 para o São Paulo e ganhou a partida de volta, no Allianz, por 4 a 0.

E, em 2022, quando o Água Santa venceu o primeiro jogo.

E, no decisivo, foi goleado por 4 a 0, no Allianz.

Mesmo com o Palmeiras no 'grupo da morte', com San Lorenzo, Independiente del Valle e Liverpool, do Uruguai, o treinador português abriu mão de Endrick na quarta-feira.

O jogador não teve direito à escolha.

Abel deu início ao plano de reconquista.

A tomar atitudes pela reviravolta, pela busca do tricampeonato Paulista.

E Endrick é fundamental para o próximo domingo...

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.