Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Duilio ataca nova diretoria do Corinthians. 'Mentirosos. Fazem cortina de mentiras. São amadores.' Presidente Melo se cala

O ex-presidente do Corinthians Duilio Monteiro Alves decidiu usar o caso Rojas para atacar, de forma veemente, a atual gestão de Augusto Melo, que decidiu não responder

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Duilio e Augusto Melo prometeram uma transição de respeito pelo Corinthians. Não é o que aconteceu
Duilio e Augusto Melo prometeram uma transição de respeito pelo Corinthians. Não é o que aconteceu Duilio e Augusto Melo prometeram uma transição de respeito pelo Corinthians. Não é o que aconteceu (Corinthians)

São Paulo, Brasil

Duilio Monteiro Alves, ex-presidente do Corinthians, decidiu hoje, contragolpear a atual direção, que acusa sua gestão pelas enormes dificuldades financeiras vividas pelo clube.

"Mentem sem parar. E caem nas próprias mentiras", disse Duilio sobre o presidente Augusto Melo e a cúpula que cuida do futebol.

A começar pelas dívidas de R$ 89,5 milhões, que o Corinthians mantém com os empresários André Cury e com Carlos Leite. Ambos processam o clube.

Publicidade

O depoimento foi longo, nas redes sociais, e muito duro.

"Procurem um único clube da Série A que não tenha canal aberto ou negócios com André Cury e Carlos Leite. A inabilidade da atual gestão fica escancarada quando esses empresários afirmaram, em público, que não conseguiram nenhum contato com o clube antes de buscarem direitos na Justiça."

Publicidade

"Sobre ações de empresário, o que temos hoje é uma diretoria que se sente livre para torrar, nos dois primeiros meses de 2024, R$ 129 milhões em contratações, ostentando gastos sem honrar compromissos, queimando pontes com credores."

Matías Rojas, que deixou o clube, foi outro tema muito polêmico.

Publicidade
A contratação de Matías Rojas foi uma aposta de Duilio. Ele fez a negociação com André Cury
A contratação de Matías Rojas foi uma aposta de Duilio. Ele fez a negociação com André Cury A contratação de Matías Rojas foi uma aposta de Duilio. Ele fez a negociação com André Cury (Corinthians)

No qual, Duilio destilou seu rancor.

"Sobre o Matías Rojas, que é representado por André Cury, é evidente que saiu porque a atual gestão descumpriu um acordo que ela mesma fez. É muito simples: se a cláusula de saída imediata existisse em 2023, ele teria saído em 2023. Todos ouvimos a atual gestão afirmar que Rojas não recebia pagamento 'desde que chegou'."

"Mentem sem parar e caem na própria mentira. É evidente que a gestão Augusto Melo renegociou em janeiro as pendências do fim de ano com Rojas e incluiu uma nova cláusula — de saída imediata em caso de não pagamento. Por isso que o jogador saiu livre e o clube não pôde fazer nada. Seria importante que essa gestão, que prega tanto pela transparência, mostrasse as condições acertadas com Rojas."

Na verdade, Rojas ainda negocia sua saída.

O Corinthians deve R$ 8 milhões, em direito de imagem, e o paraguaio, representado por André Cury, ameaça processar o clube. Porque ele tem acerto com o Inter Miami, clube no qual atuam Messi e Suárez, e tem até abril para receber e assinar novo contrato.

"Por fim, quando sobra amadorismo e faltam resultados, o que resta são promessas não cumpridas, cortina covarde de fumaça e fuga das responsabilidades. Não posso aceitar isso calado e faço questão de que a Fiel saiba a verdade. Vamos conversar mais pelo bem do Corinthians", disse Duilio.

"Não vou aceitar calado que a imprensa seja manipulada por mentirosos, dispostos a desviar a atenção do que a atual gestão está fazendo."

O presidente Augusto Melo preferiu, até o início desta tarde, não responder.

O clube está eliminado do Campeonato Paulista.

Caiu na fase de grupos.

Campanha vergonhosa...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.