Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Dorival Júnior já sabe. Perdeu seu melhor marcador para a Copa América. Pablo Maia levará três meses para se recuperar de cirurgia

Volante de 22 anos e principal marcador no futebol brasileiro, na visão de Dorival Júnior, está fora da Copa América. Sofrerá operação hoje para reinserção do tendão da coxa esquerda. A cirurgia é para apressar a recuperação da delicada lesão. A recuperação levará três meses

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window

Pablo Maia estava garantido na Seleção que disputará a Copa América nos EUA. Ficará fora, pela complicada lesão

“Não ter entrado em campo ontem para ajudar meus companheiros por conta de uma lesão foi uma sensação muito ruim. Mas agora é hora de erguer a cabeça, ter foco no meu tratamento, ficar 100% comprometido na minha recuperação, seguir todos os protocolos médicos e estar de volta o mais rápido possível.

“Enquanto isso, estarei apoiando meus companheiros de São Paulo durante esse período afastado dos gramados.

“Obrigado a todos pelas mensagens de apoio e carinho.

“Em breve, estarei de volta, ainda mais forte e guerreiro do que nunca.”

Publicidade

Essa foi a mensagem que Pablo Maia deixou ontem, nas suas redes sociais, depois do empate em 0 a 0 contra o Palmeiras.

No programa Joga Nas 11, transmitido pelo R7 e Record News, na segunda-feira, pude informar, com exclusividade, a contusão do volante e que ele estava fora da partida contra o rival.

Publicidade

Infelizmente, nesta madrugada, recebi a confirmação que a cirurgia é mais delicada do que o São Paulo deixava transparecer.

E o tempo de recuperação não será menor do que três meses.

Publicidade

Situação que inviabiliza sua ida para a disputa da Copa América, com a Seleção Brasileira.

O torneio acontecerá entre os dias 20 de junho e 14 de julho.

Dorival Júnior já se informou sobre a situação do volante de 22 anos.

Sabe que terá de procurar outro atleta para o seu lugar.

Dorival o considera o melhor marcador do futebol brasileiro e com grande versatilidade: habilidade para sair jogando, chute fortíssimo de fora da área. E fôlego incrível.

Tudo estava dando muito certo para Pablo Maia. Campeão da Copa do Brasil, Seleção. Até vir a contusão

Ele foi peça fundamental na conquista inédita da Copa do Brasil pelo São Paulo.

A lesão que afetou Pablo Maia, explicada de maneira leiga, é mesmo complicada. O tendão que dá força, intensidade para chutes e piques, nos músculos posteriores da coxa esquerda se ‘soltou’ e precisa ser ‘recolocado’. A recuperação, infelizmente para o atleta, é lenta. Mas não menos do que três meses.

O treinador Luis Zubeldia também soube do diagnóstico.

E lastima.

Porque Pablo Maia seria um dos pilares para este novo São Paulo intenso, competitivo, que tem como meta.

Mas terá de esperar.

Assim como o desiludido Dorival Júnior.

A direção do São Paulo também lamenta.

Porque a Copa América seria uma excepcional vitrine para mostrar o potencial do jogador para gigantes europeus.

No ano passado, ele antecipou sua renovação de contrato.

Ele vencia em dezembro desta temporada. Mas foi prorrogado até dezembro de 2027.

Sua multa é de R$ 320 milhões.

Dirigentes acreditam que poderiam vendê-lo por 20 milhões de euros, R$ 110 milhões.

Pablo Maia sonhava em atuar no Exterior.

E sair já nesta janela de meio do ano.

“Tenho o sonho de jogar lá fora, nas ligas de lá também. Em alto nível.

“É um sonho meu e trabalho todos os dias para dar meu melhor no São Paulo para que eu possa um dia estar lá. Se a oportunidade vier, vou estar preparado.

“Vamos ver como vai ser a janela do meio do ano.

“Se vier coisa boa para todo mundo, com certeza vou para lá.”

Tudo mudou com a delicada contusão...


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.