Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Dinheiro, Mundial e Vitor Roque fazem com que Estevão esqueça o Barcelona. Palmeiras deve fechar sua venda ao Chelsea. R$ 360 milhões

O garoto de 17 anos perdeu a convicção de só sair do Palmeiras para atuar no clube dos seus sonhos, o Barcelona. O assédio insistente do clube inglês, disposto a investir 65 milhões de euros, R$ 360 milhões, e o tratamento frustrante dado a Vitor Roque o convenceram

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window

Venda de Estevão para o Chelsea deve ser fechada ainda esta semana (Cesar Greco/Palmeiras)

A suspensão de duas rodadas do Brasileiro ajudou.

E a direção do Palmeiras pôde focar exclusivamente nestes dias na venda de Estevão.

O empresário do jogador André Cury tem a resposta para dar à direção do Chelsea.

A pedida, sem redução, de Leila Pereira, engloba 65 milhões de euros, R$ 360 milhões.

Publicidade

A negociação deve ser fechada porque os ingleses já chegaram a 60 milhões de euros, cerca de R$ 332 milhões.

A Premier League terminou neste final de semana e a campanha do Chelsea foi frustrante, não conseguindo nem classificação para a Champions.

Publicidade

A sexta colocação valeu só a disputa da desmoralizada Liga Conferência.

Não conseguiu classificação para Champions League.

Publicidade

E nem para a Liga Europa.

A reformulação será feita pelo treinador argentino Mauricio Pochettino.

E o primeiro nome que ele quer confirmado é de Estevão.

Quer o atleta, embora só possa utilizá-lo quando completar 18 anos, em abril de 2025.

O primeiro obstáculo da contratação foi derrubado com toda a facilidade.

O frio empresário André Cury acabou com a esperança do atleta de atuar no ‘clube do seu coração’: o Barcelona.

O clube catalão atualmente não tem condições financeiras de concorrer com o Chelsea.

Além disso, Cury detalhou a Estevão o desprezo do treinador Xavi a Vitor Roque.

O jovem brasileiro quase não teve chances reais na equipe catalã.

E está para ser emprestado a uma equipe menor.

Situação que o afastou da Seleção Brasileira que disputará a Copa América.

“Xavi nunca falou com o jogador. Eu tampouco entendo essa situação. É uma situação que não é boa para nenhuma partida. Creio que já houve várias partidas nas quais poderia dar esses minutos para que nós, hoje, não estaríamos falando desse tema”, confirmou Cury para a rádio espanhola RAC 1.

A declaração só atrapalhou ainda mais a relação.

Estevão é um atleta tranquilo e que detesta confusões.

Sua saída do Cruzeiro, quando atendia pelo apelido de Messinho, já foi traumática.

Ele e André Cury repartirão 30% da mais que provável venda para o Chelsea.

O irônico é que a multa do jogador é de ‘apenas’ 45 milhões de euros, cerca de R$ 249 milhões.

Mas o Palmeiras tem outras equipes interessadas e que podem oferecer mais do que esse dinheiro.

A direção do PSG acompanha com interesse.

E sabe que a prioridade é do clube inglês.

A desilusão de Vitor Roque em trabalhar com Xavi estimula Estevão a esquecer o sonho catalão.

O Palmeiras está tentando amarrar a participação do jogador, que completará 18 anos no dia 20 de abril, no Mundial de Clubes, que será disputado entre 15 de junho e 13 de julho.

Leila Pereira está quase conseguindo.

O pedido é de Abel Ferreira.

Estevão também quer jogar a competição.

Ele já está conformado em atuar na Inglaterra.

Garantirá uma fortuna antes de completar 18 anos...



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.