Cosme Rímoli Dinheiro e jato de R$ 340 milhões da dona da Crefisa dão paz ao Palmeiras

Dinheiro e jato de R$ 340 milhões da dona da Crefisa dão paz ao Palmeiras

A bilionária é mais do que favorita à presidência do clube. Como maior patrocinadora da América do Sul, ela vai muito além do normal. Com premiações e avião particular à disposição

  • Cosme Rímoli | Do R7

Abel Ferreira celebra viagem a Portugal. No avião particular de Leila Pereira

Abel Ferreira celebra viagem a Portugal. No avião particular de Leila Pereira

Reprodução/Twiiter Abel Ferreira

São Paulo, Brasil

A autonomia da bilionária Leila Pereira no Palmeiras é total.

Já levou jogadores para serem apresentados na Crefisa.

Troféus acabaram expostos na Faculdade das Américas.

Ela é tratada com reverência pela cúpula da Mancha Verde, de quem financiou a conquista do Carnaval de São Paulo, em 2019.

Conselheira recordista da história do clube em votos, por duas vezes seguida, todos no clube sabem que tem tudo para ser a primeira mulher a presidir o Palmeiras, a partir de 2022.

Não tem pressa para receber os R$ 160 milhões que o clube deve à Crefisa, por dinheiro emprestado para a contratação de atletas.

Manteve o patrocínio de R$ 78 milhões por ano, mesmo na pandemia, com os estádios vazios.

Pagou R$ 4 milhões pela conquista do título paulista, mais R$ 12 milhões pela Libertadores e mais R$ 6 milhões pela Copa do Brasil.

Ou seja, mais R$ 22 milhões na temporada 2020.

O patrocínio milionário fez com que o Palmeiras mantivese o elenco fortíssimo.

Abel Ferreira e o avião particular de Leila Pereira, de R$ 340 milhões

Abel Ferreira e o avião particular de Leila Pereira, de R$ 340 milhões

Reprodução/Twitter Abel Ferreira

E pudesse usufruir de premiações que beiraram os R$ 220 milhões pelos três títulos no ano.

O dobro do que faturaria se o público pudesse ir aos estádios.

A influência de Leila também é vista no empréstimo constante do seu jato Dassault Falcon 8X. Seu preço é de 59 milhões de dólares, cerca de R$ 330 milhões.

Já foi usado por dirigentes, jogadores.

E hoje, Abel Ferreira só está na cidade do Porto, em Portugal, graças ao jato particular.

"Recarregando as energias! Aproveito para fazer um TRÍPLICE agradecimento, ao presidente Galiotte, à Leila Pereira e à Crefisa", postou em foto ao lado da família.

O treinador fez trocadilho com a Tríplice Coroa do Palmeiras.

O Paulista, a Copa do Brasil e a Libertadores, conquistados na temporada 2020.

Ele não conseguia embarcar para tirar dez dias de folga.

Desde segunda-feira tentava comprar passagens.

Leila soube e ontem Abel embarcou em Sorocaba. De lá foi para o Rio de Janeiro.

E o avião voou para Portugal.

Se o treinador encontrar problema para voltar ao Brasil, o jato de Leila o irá buscar.

Abel Ferreira e a família, na cidade do Porto. Viagem graças à bilionária patrocinadora

Abel Ferreira e a família, na cidade do Porto. Viagem graças à bilionária patrocinadora

Reprodução Twitter/Leila Pereira

Sem custo.

Essa possibilidade financeira da dona da Crefisa é responsável pela tranquilidade no Palmeiras.

Mesmo no auge da pandemia pela covid.

Algo que nenhum outro clube brasileiro possui...

Ex-meia de Sport, Liverpool e seleção sofre infarto aos 36 anos

Últimas