Cosme Rímoli Depois do fracasso de Fernando Diniz na Seleção, Ednaldo, de novo presidente da CBF, quer Dorival. Para agradar São Paulo

Depois do fracasso de Fernando Diniz na Seleção, Ednaldo, de novo presidente da CBF, quer Dorival. Para agradar São Paulo

Reconduzido à presidência da CBF pelo ministro Gilmar Mendes, Ednaldo desistiu de Diniz. E quer oferecer o cargo de treinador até a Copa do Mundo para Dorival Junior. Técnico vê com cautela a indicação

  • Cosme Rímoli | Do R7

Diniz, escolhido para agradar a mídia carioca, fracassou. Para conquistar São Paulo, Ednaldo quer Dorival

Diniz, escolhido para agradar a mídia carioca, fracassou. Para conquistar São Paulo, Ednaldo quer Dorival

AFP

São Paulo, Brasil

Depois do fracasso de Fernando Diniz, que escolheu para seduzir a mídia carioca, Dorival Junior para agradar São Paulo, principal estado que deseja sua saída definitivamente.

Este é o plano de Ednaldo Rodrigues, que assumiu outra vez a presidência da CBF, graças à intervenção do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes.

O dirigente fez questão de vazar essa informação para tentar agradar às federações que desejam a sua saída do cargo.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

E o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinado Carneiro Bastos, é o principal articulador do fim do mandato de Ednaldo. Ele já conseguiu apoio de várias federações e clubes, insatisfeitos com administração, principalmente com a Seleção Brasileira, que colecionou vexames e mais vexames em 2023.

O pior foi o desprezo do treinador Carlo Ancelotti. 

Apesar de haver conversado com Ednaldo, sobre a possibilidade de assumir o Brasil em julho deste ano, o técnico preferiu renovar seu contrato com o Real Madrid. Ainda mais depois do afastamento do presidente da CBF.

Mas no São Paulo, não houve euforia.

Muito pelo contrário.

O presidente Julio Casares é um entusiasta de Reinaldo Carneiro Bastos na CBF. 

E Dorival Junior foi informado que Ednaldo pode perder novamente o cargo, porque o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro promete seguir e provar que a eleição de Ednaldo foi irregular.

Mas a proposta de Ednaldo é tentadora.

Oferecer a Dorival Junior o comando da Seleção até a Copa de 2026, sem interinidade.

Comandar o Brasil é um velho sonho do treinador são-paulino.

Mas ele não quer correr o risco de aceitar, posar ao lado de Ednaldo e depois perder o cargo, com uma nova destituição o presidente.

O ministro do STF, Gilmar Mendes, reconduziu Ednaldo à presidência da CBF
O ministro do STF, Gilmar Mendes, reconduziu Ednaldo à presidência da CBF CBF

Reinaldo Carneiro Bastos vê o português Abel Ferreira como melhor técnico do Brasil.

Só há um lado no constrangedor vem e vai de Ednaldo.

A Fifa e a Conmebol prometeram enviar representantes para analisar a intervenção que tirou o dirigente do poder. 

Poderia haver sanções contra clubes e até contra a Seleção Brasileira.

Com o impedimento da disputa de torneios internacionais.

Quanto a Fernando Diniz, com contrato até junho, Ednaldo quer fazer um acordo, evitando seguir pagando os salários de R$ 500 mil mensais.

Diniz deve aceitar para não se queimar na CBF.

E Dorival Junior segue sem se manifestar, apesar do vazamento de seu nome como possível treinador da Seleção.

Está em uma situação incômoda.

Com Casares 'fechado' com Reinaldo.

Sem a certeza de que Ednaldo continuará mandando na CBF...

Quanto os times brasileiros que se destacaram no ano arrecadaram em premiações em 2023?

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas