Cosme Rímoli Depois do acerto com o Real Madrid, a meta de Endrick já está definida. Disputar a Copa de 2026, pela seleção brasileira

Depois do acerto com o Real Madrid, a meta de Endrick já está definida. Disputar a Copa de 2026, pela seleção brasileira

O jogador de 16 anos e meio, que foi comprado hoje oficialmente pelo Real Madrid, já tem outra meta. Disputar o Mundial dos Estados Unidos em 2026. Seguir os passos de Vinícius Júnior

  • Cosme Rímoli | Do R7

O objetivo de Endrick agora é disputar a Copa do Mundo de 2026, nos Estados Unidos. Com 20 anos

O objetivo de Endrick agora é disputar a Copa do Mundo de 2026, nos Estados Unidos. Com 20 anos

Reprodução/Instagram

Doha, Catar

O medo de um jogador vendido e que fica no clube que o negociou é que ele vire outro.

Que se preserve, tenha medo de contusões, fuja de divididas.

Principalmente quando vai começar uma carreira na Europa.

Aos 16 anos e meio, Endrick, que acaba de ser vendido pelo Palmeiras ao Real Madrid, promete.

Nada de corpo mole, de se preservar até junho de 2024, quando se apresentará na Espanha, ao completar 18 anos.

Foi a promessa púbica que acabou de fazer nas suas redes sociais.

"Agradeço ao Palmeiras, o Maior Campeão do Brasil, campeão da América, campeão do mundo e, para sempre, o clube do meu coração, por me oferecer todo o necessário para me tornar o que sou hoje, por me ajudar a realizar vários dos meus sonhos e por respeitar o meu desejo e o da minha família de realizar mais um sonho.

"Até me apresentar ao Real Madrid, seguirei me dedicando como sempre me dediquei para poder oferecer ao Palmeiras ainda mais em campo: mais gols, mais vitórias, mais títulos e ainda mais alegrias aos nossos torcedores."

Era tudo o que a diretoria queria ler.

Seguindo o planejamento que havia feito, ainda no início desde ano, Abel Ferreira agirá como se Endrick não tivesse sido vendido ao Real Madrid.

O atacante terá um lugar como fixo como titular.

Desde que se entregue, se dedique.

É o que Endrick jura que acontecerá.

Para chegar a Madrid pronto para brigar por uma vaga no time.

E seguir o caminho de Vinícius Júnior, também empresariado por Frederico Pena.

O próximo passo do jovem atacante também é ousado.

O sonho do jogador é defender a seleção brasileira.

E estar na Copa do Mundo dos Estados Unidos.

Com 20 anos.

Ele já traçou essa meta com seu agente.

Quem conhece a carreira meteórica do menino já sabe.

Não se duvida de Endrick...

Neymar, Mbappé, Messi: confira quem são os candidatos ao prêmio de melhor jogador da Copa

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas