Cosme Rímoli Depois de 69 anos, Galvão Bueno assume "sou flamenguista"

Depois de 69 anos, Galvão Bueno assume "sou flamenguista"

Ele pensa que disfarçou bem. Mas o narrador mais importante da televisão brasileira sempre demonstrou seu amor ao time da Gávea. Só não assumia

  • Cosme Rímoli | Do R7

O  segredo mais mal guardado do futebol brasileiro

O segredo mais mal guardado do futebol brasileiro

Reprodução Sportv

São Paulo, Brasil...

O segredo mais óbvio do Brasil foi 'revelado'.

"Não virei torcedor do Flamengo por conta do Zico. O Zico fez aumentar o sentimento pelo Flamengo. No tricampeonato carioca do Flamengo em 1953,1954 e 1955, meu tio Antônio me levava para o Maracanã. Eu frequento o estádio desde os cinco anos. Faziam festa comigo. E aí, eu virei torcedor.

"Quando você começa a trabalhar, você tem que deixar isso de lado. Vivi grandes momentos de conquista do Flamengo narrando, mas nunca entreguei o time. Eu só me abri que sou torcedor do Flamengo recentemente.

"O Armando Nogueira me ensinou que depois de uma certa idade, você ganha o direito de falar algumas coisas.

"Então, decidi falar.

"E o pessoal me respeita."

A confissão é de Galvão Bueno ao canal de Zico na Internet.

Só que o narrador não conseguiu iludir ninguém.

Inúmeras vezes, ele deixou o seu coração falar mais alto, desde 1974, quando começou a trabalhar na rádio Gazeta, de São Paulo.

Os bons e os maus momentos do clube da Gávea sempre tiraram Galvão Bueno do sério.

Mas, depois de 69 anos, finalmente ele assume.

Quem acompanha futebol já sabia.

Talvez a chegada da aposentadoria deu coragem.

E ela o fez mostrar o coração rubro-negro...

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Coronavírus 'faz estrago' no mundo esportivo! Lembre astros infectados

Últimas