Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Daniel Alves condenado a quatro anos e meio de prisão. Por estupro. Medo na Espanha é que, deprimido, tente contra a própria vida

O Superior Tribunal de Justiça da Catalunha promulgou sentença histórica: quatro anos e meio de prisão para o midiático e milionário jogador. As punições para estupradores eram leves na Espanha. A repercussão é mundial

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Sentença histórica. O milionário e midiático Daniel Alves condenado a quatro anos e meio por estupro
Sentença histórica. O milionário e midiático Daniel Alves condenado a quatro anos e meio por estupro Sentença histórica. O milionário e midiático Daniel Alves condenado a quatro anos e meio por estupro (Reprodução/Instagram Daniel Alves)

São Paulo, Brasil

Quatro anos e meio na prisão.

Trancado na cadeia.

Longe da sociedade.

Publicidade

Mais cinco anos de liberdade vigiada, por ser considerado uma pessoa perigosa.

Daniel Alves foi condenado hoje por estupro, na Espanha.

Publicidade

As provas convenceram a juíza Isabel Delgado Pérez a impor uma sentença histórica e, principalmente, simbólica, provando que acabou a tolerância da Espanha com os crimes sexuais.

Um dos jogadores mais conhecidos do mundo ficará preso por obrigar uma mulher, de 23 anos, a manter relações sexuais, no dia 30 de dezembro de 2022, no banheiro de um camarote, na boate Sutton, em Barcelona.

Publicidade

As provas não deixaram dúvidas para a juíza.

Principalmente as mentiras de Daniel Alves, que deu cinco versões para o caso.

A sentença não foi maior porque na Espanha há o atenuante de uma multa, paga para a vítima. Daniel Alves pagou 150 mil euros, cerca de R$ 900 mil, à mulher. Dinheiro emprestado pelo pai de Neymar, já que os bens do jogador brasileiro estão embargados.

E ainda está proibido de qualquer contato com a vítima.

Não poderá ficar a menos de um quilômetro do emprego e da casa da mulher que abusou.

"O tribunal considera provado que o acusado agarrou abruptamente a denunciante, a jogou no chão e, a impedindo de se mexer, a penetrou pela vagina, apesar de a denunciante ter dito que não, que queria ir embora". E entende que "isso cumpre o tipo de ausência de consentimento, com uso de violência, e com acesso carnal", relata o item principal da condenação.

A tese da defesa de que, Daniel Alves, 40 anos, estava completamente bêbado quando manteve relação sexual com a vítima não convenceu.

E ainda expôs a esposa do jogador, Joana Saenz. Primeiro, em uma entrevista para a tevê, ela disse que não estava em casa quando Daniel Alves chegou da boate. Testemunhando, Joana disse que o viu chegar absolutamente embriagado. 

Daniel Alves recebendo a medalha de ouro olímpica. Ele foi o capitão, em Tóquio, em 2020
Daniel Alves recebendo a medalha de ouro olímpica. Ele foi o capitão, em Tóquio, em 2020 Daniel Alves recebendo a medalha de ouro olímpica. Ele foi o capitão, em Tóquio, em 2020 (CBF)

A suspeita de falso testemunho da modelo foi falado insistentemente pela imprensa europeia.

Na sentença, a convicção da juíza de não foi provada tamanha embriaguez.

"Não foi comprovado em plenário o impacto que o consumo de álcool poderia ter tido nas faculdades volitivas e cognitivas do arguido."

A decisão do Superior Tribunal de Justiça da Catalunha é histórica porque a Espanha tem um terrível histórico de ser tolerante com os estupradores.

A advogada de defesa, Inês Guardiola, avisou que vai recorrer.

Mas deixou escapar que a sentença poderia ser pior.

"Neste momento, só posso dizer que vamos recorrer da sentença. Continuo acreditando na inocência do Sr. Alves. Tenho que estudar a sentença, mas já adianto que vamos recorrer. Alves está inteiro. Quatro anos e seis meses é melhor que nove e 12 que a acusação pedia, mas acredito na inocência de Alves e vamos recorrer."

"Foi feita justiça. Estamos satisfeitos por ela (a vítima) e por todos neste país", disse o advogado David Saéz, que representou a mulher que a justiça provou ter sido vítima de estupro.

O dinheiro da rescisão do contrato com o São Paulo, R$ 400 mil mensais, é a única fonte de renda para Daniel
O dinheiro da rescisão do contrato com o São Paulo, R$ 400 mil mensais, é a única fonte de renda para Daniel O dinheiro da rescisão do contrato com o São Paulo, R$ 400 mil mensais, é a única fonte de renda para Daniel (São Paulo)

A condenação teve repercussão no mundo todo.

Daniel Alves é um dos atletas mais midiáticos e dos mais vitoriosos.

Tem 42 títulos no seu currículo.

Esteve em três Copas do Mundo com a camisa da Seleção Brasileira, 2010, 2014 e 2022.

Foi capitão na Olimpíada de 2020, em Tóquio, que o país venceu a medalha de ouro.

Nem a CBF ou qualquer jogador que atuou ao seu lado, se manifestou, depois da sentença.

Mantida a condenação, ele deverá sair da cadeia, em Barcelona, em setembro de 2027.

Um ex-prisioneiro, também punido por agressão sexual, e que conviveu com Daniel Alves, disse à imprensa que ele se mostrava deprimido, chorando muito. E que havia medidas protetivas, para que o brasileiro não pudesse cometer suicídio.

A condenação, por estupro, de Daniel Alves, virou manchetes no mundo todo. Como na Inglaterra
A condenação, por estupro, de Daniel Alves, virou manchetes no mundo todo. Como na Inglaterra A condenação, por estupro, de Daniel Alves, virou manchetes no mundo todo. Como na Inglaterra (Reprodução/The Sun)

E que ele sonhava em ter liberdade provisória porque, de acordo com esse prisioneiro, arquitetava viajar para o Brasil, mesmo sem passaportes.

E viver como Robinho.

Condenado por estupro coletivo na Itália, a nove anos de prisão, mas segue vivendo com total liberdade por aqui, já que não há acordo de extradição. O Brasil não extradita seus cidadãos, mesmo que tenham cometido crimes, para o Exterior.

As revelações do Canal Cinco da Espanha chocaram ainda mais a opinião pública europeia.

O recurso para tentar diminuir a pena tem mínimas chances de ser bem sucedido.

Daniel Alves deverá ficar mais três anos e meio trancado, preso.

Longe da sociedade.

Na cadeia.

Que é o lugar para os criminosos.

Sejam eles milionários jogadores de futebol ou não.

Estuprador é estuprador...

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.