Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

O pior negócio da vida de Ronaldo. Deixou escapar R$ 371 milhões.Vitor Roque vendido mais caro que Endrick. Só perde para Neymar

O bilionário dono do Cruzeiro não conseguiu usar o carisma e segurar Vitor Roque, que já era espetacular na base. O Athletico pagou a multa baixíssima de R$ 24 milhões. E vendeu o atacante ao Barcelona por R$ 395 milhões

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Ronaldo e Vitor Roque. Ele tinha certeza de que, com seu carisma, seguraria a jovem promessa no Cruzeiro
Ronaldo e Vitor Roque. Ele tinha certeza de que, com seu carisma, seguraria a jovem promessa no Cruzeiro

São Paulo, Brasil

O pior negócio da vida de Ronaldo.

Bilionário, dono do Valladolid, do Cruzeiro e de um patrimônio adquirido com seu talento excepcional e seu dom para transações financeiras, muito bem assessorado, aos 46 anos, tem de se lamentar ao acompanhar a festa da direção do Athletico Paranaense.

A alegria em Curitiba se dá por causa da maior venda de sua história.

Publicidade

Vitor Roque é jogador do Barcelona por 74 milhões de euros, juntando fixo, impostos e bônus. São R$ 395 milhões.

Deixou, por 2 milhões de euros, a negociação de Endrick, vendido ao Real Madrid, para trás.

Publicidade

Só perde para Neymar, que foi por alegados 88,4 milhões de euros, cerca de R$ 472 milhões.

Os detalhes da transação: são fixos 40 milhões de euros, cerca de R$ 213 milhões. Bônus previstos, R$ 112 milhões, gols, jogos disputados, chegar a finalista da Bola de Ouro, vencer a Bola de Ouro. Os impostos ficam por conta do Barcelona, 13 milhões de euros, R$ 69,3 milhões. Fixo: 40 milhões de euros (R$ 213,4 milhões).

Publicidade
Já se sabia que Vitor Roque era um excepcional atacante. Ronaldo teve a chance de segurá-lo. Perdeu
Já se sabia que Vitor Roque era um excepcional atacante. Ronaldo teve a chance de segurá-lo. Perdeu

Para entender quanto este fim de semana deve ser doído para Ronaldo Fenômeno.

O talento de Vitor Roque vem desde a infância. Quando jogava no América Mineiro. Jornais de Belo Horizonte garantiram que o Cruzeiro pagou R$ 500 mil ao empresário André Cury e os dirigentes celestes levaram o jovem atacante, artilheiro do Campeonato Estadual, para a Toca da Raposa, ao completar 14 anos.

O América denunciou o Cruzeiro por aliciamento. O bicampeão da Libertadores chegou até a ser punido, proibido de disputar a Copa Nike, um dos grandes torneios da base. Só que Vitor Roque ficou na Toca da Raposa.

E continuou jogando cada vez melhor.

Foi um dos trunfos que encantaram Ronaldo para comprar o Cruzeiro. Ele tinha certeza de que teria enorme lucro com Vitor Roque. Viu o talento, a força física, a velocidade.

Só que apostou errado.

O jogador recebia R$ 12 mil mensais. Tinha multa de R$ 24 milhões. Acordos feitos pela antiga direção do Cruzeiro. 

O empresário André Cury exigiu aumento para o atacante, pelo seu ótimo rendimento.

Queria R$ 60 mil a cada 30 dias, assim a multa seria aumentada para R$ 120 milhões, o que inviabilizaria sua contratação para clubes brasileiros.

Só que Ronaldo não aceitou. Queria pagar R$ 50 mil. Completando 17 anos, receberia R$ 60 mil. E, aos 18, R$ 80 mil.

Cury tinha proposta do Internacional e do São Paulo. Para o Athletico, a direção cruzeirense pediu R$ 40 milhões pelo atacante.

Mas Alexandre Mattos se antecipou.

"O que teve foi um negócio. O Cruzeiro me ofereceu o jogador por R$ 40 milhões, mais dois jogadores. Depois liguei para o André Cury e ele falou que o jogador já sairia do Cruzeiro, para um clube de São Paulo ou do Rio Grande do Sul, porque eles pagariam a multa, que era só de R$ 24 milhões.

"Na hora eu liguei para o Petraglia (Mauro Celso, que controla o clube paranaense). Então, não teve nenhuma sacanagem, não teve maldade, não teve ninguém pedindo para não renovar. Não venham justificar o erro, foi amadorismo", resumiu.

Vítor Roque explodiu de vez no Athletico. Jogador veloz, artilheiro, habilidoso. Diferenciado
Vítor Roque explodiu de vez no Athletico. Jogador veloz, artilheiro, habilidoso. Diferenciado

Mattos ofereceu dez vezes o que Vitor Roque recebia em Belo Horizonte.

E pagou a multa rescisória de R$ 24 milhões, a maior negociação da história do clube de Curitiba. Mas uma pechincha. 

Empresários importantes consultados pelo blog consideraram a "negociação da década".

Ronaldo ficou possesso.

Sabia que deixaria de ganhar muito dinheiro com Vitor Roque.

Rompeu com Cury. E disse que o atacante foi levado na "calada da noite".

Ele tinha certeza de que, com seu carisma, seguraria o jogador em Belo Horizonte.

O Athletico Paranaense fez tudo de forma legal, incontestável, pagou a multa do jogador.

E, em Curitiba, ele se desenvolveu.

"Ele tem tudo para ser um dos melhores do mundo", elogiava Luiz Felipe Scolari.

Assediado por grandes clubes europeus, PSG, Manchester City e Chelsea, Vitor Roque queria o Barcelona. E o Barcelona queria Vitor Roque.

A negociação durou meses.

Foi fechada e anunciada ontem.

Falando com exclusividade ao blog, Alexandre Mattos deu mais detalhes da importante negociação.

"Nós conseguimos ir além das grandes transações feitas atualmente no Brasil. Conseguimos amarrar 20% do valor do Vitor Roque em novas transações, caso seja vendido pelo Barcelona. Conseguimos um fixo maior, por exemplo, do Endrick, que é de 35 milhões de euros. O dele é de 40 milhões de euros. 

"O Endrick foi por 72 milhões de euros. O Vitor, por 74 milhões.

"Não falavam (no Palmeiras) que eu só gastava?", ironizava.

O Athletico foi favorecido por causa dos problemas do fair play financeiro do Barcelona. E o clube espanhol só poderá inscrevê-lo em janeiro de 2024.

Amigos, amigos, negócio à parte. Mattos (à dir.) conseguiu tirar legalmente Vitor Roque do Cruzeiro, de Ronaldo
Amigos, amigos, negócio à parte. Mattos (à dir.) conseguiu tirar legalmente Vitor Roque do Cruzeiro, de Ronaldo

Até lá, o jogador de 18 anos ficará defendendo o Athletico.

Na prática, Ronaldo tem muito a lamentar.

Deixou de ganhar R$ 371 milhões por Vitor Roque.

Vale lembrar que o Fenômeno comprou o Cruzeiro por R$ 400 milhões.

Não segurar o atacante foi o pior negócio de sua vida...

Traição, resort de luxo e futebol na antiga escola: veja as férias dos jogadores que atuam na Europa

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.