Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

O pênalti vergonhoso que não foi marcado contra o Corinthians. 'Até o Stevie Wonder viu', ironizou Renato Gaúcho

No alucinante empate de 4 a 4 entre Corinthians e Grêmio, os gaúchos foram muito prejudicados. O árbitro Wilton Pereira Sampaio não marcou pênalti claríssimo aos 47 minutos do segundo tempo. E o VAR se calou

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

O pênalti contra o Corinthians que Wilton Sampaio não marcou. Lance claríssimo. Erro inaceitável
O pênalti contra o Corinthians que Wilton Sampaio não marcou. Lance claríssimo. Erro inaceitável O pênalti contra o Corinthians que Wilton Sampaio não marcou. Lance claríssimo. Erro inaceitável

São Paulo, Brasil

O jogo com mais gols no Brasileiro de 2023.

Empate entre Corinthians e Grêmio por 4 a 4.

Viradas emocionantes.

Publicidade

O time de Renato Gaúcho saiu na frente, vencendo por 2 a 0. O de Luxemburgo marca três gols nos últimos minutos do primeiro tempo, 3 a 2.

O Grêmio marca dois, chega aos 4 a 3. Mas o Corinthians empatou.

Publicidade

Os gols de Nathan, Cristaldo, Fábio Santos (pênalti), Lucas Veríssimo, Yuri Alberto, Everton Galdino, Suárez e Giuliano deram rara emoção à partida.

Mas Wilton Pereira Sampaio, árbitro que representou o Brasil na Copa do Mundo do Catar, cometeu um erro vergonhoso, absurdo, incompreensível, que impediu a chance real de o Grêmio vencer a surreal partida.

Publicidade

Eram 47 minutos e 51 segundos do segundo tempo quando Ferreira cruzou para a área e Yuri Alberto esticou o braço direito acima da linha do ombro e bloqueou a bola.

Pênalti indiscutível, evidente.

Publicidade

Mas, de maneira muito estranha, Wilton Pereira Sampaio apontou, vigoroso, para o escanteio.

Não marcou a penalidade para o Grêmio.

Muito pior do que ele, só Emerson de Almeida Ferreira, responsável pelo VAR.

Com todos os ângulos à disposição do toque claríssimo do corintiano, as evidências são de que ele se calou.

Era sua obrigação alertar Wilton Pereira Sampaio da injustiça absurda, do erro imperdoável que ele estava cometendo.

O árbitro não foi rever a jogada.

Ou seja, a tecnologia foi desprezada, podendo corrigir o pênalti não marcado.

Atitude que impediu o Grêmio de ter mais dois pontos na tabela de classificação.

E que acabou dando um ponto ao Corinthians.

A arbitragem brasileira vai virar motivo de piada quando o lance se espalhar pelo mundo.

“É inadmissível não ter dado esse pênalti. Eu vi o lance no vestiário, os próprios jogadores do Corinthians disseram que foi.

"Em três segundos dava pra ver.

"O Brasil inteiro viu essa vergonha de hoje, todo mundo viu, até o Stevie Wonder, que é cego, viu que foi pênalti."

A ironia é do técnico do Grêmio, Renato Gaúcho.

O treinador deixaria tudo mais surreal.

Garantiu que quem faria a cobrança seria Luan.

Jogador que foi comprado do Grêmio pelo Corinthians.

Fracassou.

E só parou de receber R$ 800 mil mensais sem jogar quando apanhou de vândalos corintianos que entraram em um motel em que o meia estava e o agrediram.

A direção do clube gaúcho fará uma reclamação formal à CBF.

Mas não recuperará os dois pontos que teria a chance de ganhar ontem.

A pressão gremista é para que o diálogo entre o árbitro e o chefe do VAR seja divulgado.

O futebol brasileiro precisa entender qual a desculpa para o pênalti não ter sido marcado.

O que aconteceu em Itaquera foi vergonhoso...

Corinthians recebe mais de R$ 210 milhões em transferências na temporada; veja todas elas

" gallery_id="64f62e521df97be22800104b" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/corinthians-penalti-stevie-wonder-19092023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.