Cosme Rímoli Corinthians, Grêmio e Red Bull se assanham. Por Paulinho, que está de volta da Arábia

Corinthians, Grêmio e Red Bull se assanham. Por Paulinho, que está de volta da Arábia

O volante de 33 anos rescindiu seu contrato com o Al Ahly. A alegação foi 'problemas particulares no Brasil'. Corinthians, Grêmio e Red Bull querem o jogador para 2022

  • Cosme Rímoli | Do R7

Paulinho foi campeão mundial pelo Corinthians. Sua volta é velho desejo

Paulinho foi campeão mundial pelo Corinthians. Sua volta é velho desejo

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Corinthians, Grêmio e Red Bull Bragantino.

As diretorias dos três clubes já trataram, desde ontem, de se informar sobre Paulinho.

O volante de 33 anos negociou com os três clubes no primeiro semestre, antes de ceder à proposta de 4 milhões de dólares, cerca de R$ 21 milhões, em cada uma das três temporadas que passaria no Al Ahly, da Arábia Saudita. Ou seja, receberia 12 milhões de dólares, cerca de R$ 63 milhões no total.

Mas, mesmo capitão do time de Pitso Mosimane, o volante não conseguia jogar bem. De acordo com a imprensa árabe, ele fez questão de procurar a diretoria e alegou 'problemas particulares graves' no Brasil. E que decidiu voltar ao país. A diretoria entendeu e foi feita a rescisão 'amigável'.

A passagem do jogador pelo Al Ahly durou dois meses.

Fez apenas quatro partidas.

E dois gols.

Ele já está preparando sua volta para o Brasil.

Como sua rescisão aconteceu depois do fechamento da janela de transferência da Arábia, ele só poderá jogar em 2021.

O presidente Duilio Monteiro Alves e, principalmente, Roberto de Andrade, querem o jogador. Se não fosse a proposta 'indecente' do Al Ahly ele teria todas as chances de atuar no Corinthians.

Com Renato Augusto, Roger Guedes, Giuliano e Willian, o clube ficou muito mais atraente ao atleta.

Felipão, no entanto, segue com a ideia fixa de contratar o volante. Os dois têm ótimo relacionamento. E o Grêmio vai disputá-lo.

Paulinho fez apenas quatro jogos. E já deixou o clube árabe. E contrato milionário

Paulinho fez apenas quatro jogos. E já deixou o clube árabe. E contrato milionário

Al Ahly

Assim como o Red Bull Bragantino, onde ele tem excelente relacionamento com a diretoria, tanto que treinou lá quando voltou da China até antes de acertar com a Arábia.

A disputa promete ser acirrada.

Os contatos dos interessados já começaram com seu onipresente empresário: Giuliano Bertolucci.

Paulinho não ficará sem opções de clube no Brasil.

Em 2021, só restaria o Catar, México e Argentina.

Destinos improváveis...

Últimas